PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Goiás encara o Vila Nova para se manter entre os primeiros

Neste sábado às 16h30 (horário de Brasília), Vila Nova e Goiás se enfrentam no Estádio Serra Dourada, em Goiânia no clássico válido pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Vivendo momentos distintos, as duas equipes buscam a vitória para sonharem com a elite do futebol nacional em 2019. Pelo lado do Vila, a [?]

20:15 | 24/08/2018

Neste sábado às 16h30 (horário de Brasília), Vila Nova e Goiás se enfrentam no Estádio Serra Dourada, em Goiânia no clássico válido pela 23ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Vivendo momentos distintos, as duas equipes buscam a vitória para sonharem com a elite do futebol nacional em 2019.

Pelo lado do Vila, a situação é crítica. No treino da última quinta-feira, os jogadores compareceram na entrevista coletiva e defenderam o técnico Hemerson Maria, que vem sofrendo críticas e pode até cair em caso de derrota no clássico.

Isso porque a equipe chegou a liderar a Série B, e está em queda livre. Muito se deve ao ataque ineficaz. Em 22 jogos, foram apenas 17 gols marcados. Para se ter uma ideia, somente o lanterna Boa Esporte anotou menos que os goianos.

O zagueiro Wesley confirmou que o time de fato vive um momento ruim. No entanto, considera as críticas injustas, especialmente as direcionadas ao treinador. Para o jogador, a responsabilidade maior é do elenco, que tem a obrigação de conquistar as vitórias.

?Tivemos uma queda de rendimento, é normal. Não há oportunidade melhor do que essa para reagir. Nosso treinador é isento de tudo, quem faz dentro de campo somos nós. No ano passado ele (Hemerson Maria) era ovacionado. Temos que colocar a bola para dentro, a responsabilidade é de todos?, afirmou o defensor.

Em compensação, o Goiás de Ney Franco vem em crescente. O time notoriamente mostrou evolução desde que o treinador chegou. São 10 vitórias nos últimos 13 jogos, e ocupando a terceira colocação da Série B. Uma vitória no clássico aumenta a moral e as chances da equipe.

O técnico aliás comentou sobre o clássico, que será disputado com torcida única (apenas a do Tigre estará presente), fazendo elogios ao técnico rival e esperando um jogo difícil pela frente. Além disso, explicou a situação de Gilberto, que é dúvida para o confronto.

?Além de ser um clássico é uma equipe forte e bem treinada pelo Hemerson Maria. Tem jogadores de qualidade, como Alan Mineiro, Elias, um goleiro experiente. Tem tudo para ser um bom jogo. Esperamos recuperar nossa equipe fisicamente para o jogo, temos que estudar o caso do Gilberto, que saiu lesionado. Acho que não terá problema, foi uma pancada. Mas o jogo tem um grau de importância maior, que você tem que ?sacar? da competição?, disse o comandante.

Na vitória contra o São Bento na última terça, Lucão, Giovanni e Alex Silva estavam pendurados. Porém, não sofreram cartão amarelo e poderão jogar normalmente. Ney Franco garantiu que não instruiu os jogadores a levarem a punição, mas que evitassem os chamados cartões bobos.

?Nem tomos no assunto Vila Nova. Temos que viver a cada jogo. Agora é falar no Vila Nova. Nós entramos com vários jogadores pendurados e pedi para jogarem forte, evitando apenas os cartões bobos, como foi o do Victor Ramos?, pontuou o técnico.

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA X GOIÁS

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 24 de agosto de 2018, sábado

Horário: 16h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Anderson Daronco (RS)

Assistentes: Rafael da Sila Alves e Jorge Eduardo Bernardi, ambos do RS

VILA NOVA: Mateus Pasinato; Maguinho, Wesley Matos, Diego Giaretta e Gastón Filgueira; Welington Reis, Moacir, Alan Mineiro e Hélder; Léo Itaperuna (Mateus Anderson) e Alex Henrique.

Técnico: Hemerson Maria

GOIÁS: Marcos; Alex Silva, Victor Ramos, David Duarte e Ernandes; Gilberto, Giovanni e Renato Cajá; Felipe Garcia, Michael e Lucão

Técnico: Ney Franco

Gazeta Esportiva

TAGS