PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Gabriel Jesus renova contrato com City até 2023

Gabriel Jesus renovou seu contrato com o Manchester City por mais dois anos. O vínculo, que ia até 2021, agora vai até 2023. No período em que ficou no clube até agora, conquistou um Campeonato Inglês e uma Copa da Liga Inglesa e explicou sua escolha. ?Posso dizer que vir para o Manchester City foi [?]

09:45 | 03/08/2018

Gabriel Jesus renovou seu contrato com o Manchester City por mais dois anos. O vínculo, que ia até 2021, agora vai até 2023. No período em que ficou no clube até agora, conquistou um Campeonato Inglês e uma Copa da Liga Inglesa e explicou sua escolha.

â??Posso dizer que vir para o Manchester City foi a melhor decisão que tomei na minha vida, porque estou melhorando como profissional e como pessoa. O City é um clube enorme e está ficando cada vez maior, eu só quero agradecer por tudo. Também (renovei) graças ao clube, por ser tão organizado e focado desde que chegueiâ?, disse o atacante ao canal oficial do City.

Com 24 gols em 53 jogos, Gabriel Jesus agradou Pep Guardiola em 2016, mas o apreço pelo bom futebol dele se estendeu ao diretor de futebol Txiki Begiristain, que não mediu elogios. â??Gabriel é, sem dúvida, um dos melhores jovens atacantes do futebol mundial, então tê-lo no futuro é um grande impulso. Há muita variedade em seu jogo. Eu sei o quanto Pep (Guardiola) gosta de trabalhar com ele e estou realmente ansioso para ver seu desenvolvimento nos próximos anosâ?.

Pegando carona em uma brincadeira de Gabriel, o City postou em suas redes sociais um vídeo no qual o jogador liga para sua mãe, Dona Vera, anunciando a novidade. Ela, sem saber que estava sendo gravada, mandou um beijo para o técnico Guardiola e disse que o filho â??é o caraâ?.

Gabriel Jesus foi contratado pelo Manchester City no meio de 2016, por cerca de R$ 138 milhões (no câmbio atual), mas só saiu do Palmeiras seis meses depois. O atacante começou muito bem, mas sofreu uma fratura no pé direito no meio de fevereiro e só voltou aos gramados no final de abril, o que o tirou da disputa da Liga dos Campeões.

Na temporada passada, o mesmo início avassalador, mas uma nova lesão, dessa vez no ligamento colateral medial do joelho esquerdo, em 31 de dezembro. Ele voltou a jogar apenas em 25 de fevereiro, na final da Copa da Liga Inglesa, seu primeiro título com a equipe.

Gazeta Esportiva

TAGS