PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

CBF divulga números do Árbitro de Vídeo e garante recurso nas finais da Copa do Brasil

15:45 | 22/08/2018
NULL
NULL (Foto: )

[FOTO1] Além de realizar o sorteio dos mandos dos jogos da Copa do Brasil, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também aproveitou a quarta-feira para divulgar um balanço da primeira experiência com o árbitro de vídeo, que foi implantado nas quartas de finais do torneio, além de garantir o recurso nas semifinais e finais da competição.

Segundo os números divulgados pela entidade, as oito partidas que contaram com este recurso tiveram um total 58 checagens, com média de 7,25 por jogo. Estes números foram comparados com outras duas competições que também utilizaram o VAR, a Copa do Mundo e o Campeonato Alemão. Mesmo ressaltando o número bastante inferior de jogos, na comparação o torneio brasileiro teve um maior tempo de bola rolando, com uma média de 57 minutos e 29 segundos de bola rolando por partida, enquanto a Copa do Mundo da Rússia teve 56 minutos e 55 segundos e o Campeonato Alemão 57 minutos e três segundos.

Dessas 58 checagens, a Confederação Brasileira de Futebol dissecou e divulgou que 22 foram para possíveis cartões vermelhos, 20 sobre pênaltis, 13 sobre gols, além de três oportunidades para checagem de erros de identificação, resultado em duas revisões diretas em lances.

Além disso, foi divulgado que as checagens do VAR tiveram uma média de um minuto e 18 segundos por checagem, equivalente a apenas 1,3% do tempo total das partidas. As análises sem impacto, que não têm comunicação com o árbitro, tiveram em torno de 31 segundos. Nas situações em que houve conversa com o campo, o tempo aumentou em três segundos.

 


Gazeta Esportiva

TAGS