Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Santa Fe fica no empate sem gols com o Rampla Juniors

O Independiente Santa Fe não saiu do 0 a 0 na noite desta quinta-feira, contra o Rampla Junior, do Uruguai, no Estádio Olímpico de Montevidéu, pelo jogo de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. Embora tenha criado boas chances no segundo tempo, os colombianos acabaram falhando nas tentativas de balanças as redes, porém, ao [?]
23:45 | Jul. 19, 2018
Autor -
Foto do autor
- Autor
Tipo Notícia

O Independiente Santa Fe não saiu do 0 a 0 na noite desta quinta-feira, contra o Rampla Junior, do Uruguai, no Estádio Olímpico de Montevidéu, pelo jogo de ida da segunda fase da Copa Sul-Americana. Embora tenha criado boas chances no segundo tempo, os colombianos acabaram falhando nas tentativas de balanças as redes, porém, ao menos voltam para casa com a vantagem de decidir a classificação diante de sua torcida.

A grande primeira oportunidade do Independiente Santa Fe aconteceu logo no primeiro minuto de jogo, quando Morelo completou o passe de Plata, mas viu o goleiro Odriozola ficar com a bola. Como resposta, o Rampla Juniors exigiu boa defesa de Leandro aos 14 minutos e dificultou a vida dos visitantes, que não tinham muita liberdade para ameaçar a meta adversária.

Já na etapa complementar, o Santa Fe por pouco não marcou o primeiro gol em cobrança de falta de Henao defendida por Odriozola aos 17 minutos. Depois, aos 23, foi a vez de Gustavino deixar o grito de ?gol? entalado na garganta dos torcedores ao arrematar e contar com o desvio da defesa do Rampla Juniors para quase balançar as redes.

Antes do apito final, os donos da casa ainda tiveram a grande oportunidade de saírem de campo com a magra vitória por 1 a 0, porém, esbarraram no goleiro Leandro, que fez uma excelente defesa para garantir o empate sem gols para o Independiente Santa Fe, que tentará alcançar a vaga para as oitavas de final no próximo dia 31 de julho, no El Campín, em Bogotá.

Jorge Wilstermann ? Quem também entrou em campo nesta quinta-feira pela Sul-Americana foi o Jorge Wilstermann. O time boliviano visitou o Deportivo Cuenca, do Equador, e conseguiu voltar para casa com um bom resultado: empate em 2 a 2 no estádio Alejandro Serrano Aguilar.

O Jorge Wilstermann, que pode ter o Fluminense como adversário na próxima fase da competição, decidirá a vaga nas oitavas de final no próximo dia 31 de julho, no Estádio Olímpico Pátria, em Sucre, na Bolívia.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Brasileiro Pedro Barros conquista medalha de prata no skate park em Tóquio 2020

Jogos Olímpicos
01:11 | Ago. 05, 2021
Autor Wanderson Trindade
Foto do autor
Wanderson Trindade Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Brasil conquistou a medalha de prata no skate park em Tóquio 2020, na madrugada desta quinta-feira, 5. Pedro Barros subiu ao pódio na primeira final da modalidade da história dos Jogos Olímpicos.

Além dele, Pedro Quintas e Luiz Francisco também disputaram a final, mas ficaram na 8º e 4º colocação, respectivamente. O ouro ficou com o australiano Keegan Palmer.

A classificação ficou assim:

1º - Keegan Palmer (AUS): 95.83 pontos

2º - Pedro Barros (BRA): 86.14 pontos

3º - Cory Juneau (EUA): 84.13 pontos

 

 

OLIMPÍADAS DE TÓQUIO: CONFIRA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Marte: automóvel espacial Curiosity encontra formação rochosa curiosa

Planeta vermelho
01:02 | Ago. 05, 2021
Autor Mateus Brisa
Foto do autor
Mateus Brisa Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O rover espacial Curiosity encontrou uma formação rochosa enquanto explorava a cratera Gale, em Marte. Composta por um arco de 16,5 centímetros, a formação poderia ser derrubada, tendo em vista seu formato, com um vento forte, mas se mantém firme no relevo onde foi encontrada. O fato aguçou a curiosidade de cientistas, pois a cratera Gale é conhecida por sua área afetada por forte ventaria e alto volume de partículas.

“Alguns enxergam uma cobra, outros enxergam chifres, e outros veem uma cepa de DNA, mas pelo menos por enquanto, o que eu vejo é um excelente mosaico nessa edificação, provavelmente [vinda] da erosão diferencial nas rochas alteradas”, relatou Gwénaël Caravaca, geologista especialista em Marte. As informações são dos portais Olhar Digital e Sputnik News.

O automóvel Curiosity pousou em Marte em agosto de 2012 na área de cratera com a missão de examinar a existência de vida microbiana na superfície ou na atmosfera do planeta vermelho. Desde então, coleta materiais para cientistas, incluindo a curiosa formação rochosa. Marte hospeda, ainda, outros dispositivos de exploração, como o rover Perseverance.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará tem "sinal forte" de tendência de crescimento de Síndrome Respiratória Aguda Grave

InfoGripe
00:56 | Ago. 05, 2021
Autor Leonardo Maia
Foto do autor
Leonardo Maia Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Brasil pode estar enfrentando uma reversão na tendência de queda do número de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), conforme indica o Boletim InfoGripe da Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) divulgado nesta quarta-feira, 4. A análise de dados do órgão demonstrou que há uma tendência de crescimento moderado nas últimas três semanas, mas a queda permanece quando o intervalo de análise é maior, nas últimas seis semanas. Em relação ao Ceará, a Fiocruz alerta que há um “sinal forte” de crescimento na tendência de curto prazo, porém com sinal de estabilidade na tendência de longo prazo.

No longo prazo, apenas três federações apresentam tendência de aumento: Mato Grosso do Sul, Amazonas e Acre — este último com índices mais preocupantes. Dentre os casos registrados, mais de 1,5 milhão desde o início de 2020, cerca de 96% são decorrentes do SARS-CoV-2 (Covid-19).

Já entre as capitais, Fortaleza e outras cinco cidades apresentam tendência de crescimento no longo prazo. Junto a Belém, o município cearense fica entre os dois únicos desse grupo que também registra o aumento a curto prazo. No restante do Estado, as macrorregiões de Sobral e do Cariri têm sinal moderado e forte de crescimento na tendência de curto prazo, respectivamente. No Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe, há queda ou estabilidade em ambos cenários.

Os pesquisadores alertam que esse cenário deve manter o número de hospitalizações e mortes em patamares elevados. Eles ainda ponderam que a não adoção de medidas mitigadoras pode ocasionar o agravamento do quadro dos episódios de SRAG. Durante o boletim, os especialistas explicam que algumas estatísticas devem ser observados com cautela nas análises, porque alguns dados mais recentes ainda não foram totalmente digitados, entre outras razões.

>> Leia a íntegra do boletim divulgado pela FioCruz:  Clique aqui para baixar o PDF.

Média móvel de casos e óbitos chega a patamar mais baixo desde janeiro deste ano, aponta Ministério da Saúde

A média móvel de casos e óbitos chegou ao patamar mais baixo nessa segunda-feira, 2, desde janeiro deste ano, de acordo com o Ministério da Saúde (MS). O órgão federal reconhece que a melhora no cenário epidemiológico do Brasil é consequência da vacinação contra a Covid-19, com cerca de 160 milhões de brasileiros acima de 18 anos. Já são 101 milhões de pessoas com a primeira dose, 63% do total, e 41,5 milhões de pessoas com a segunda dose ou a vacina de dose única, equivalente a 25% do público-alvo da campanha.

A redução no número de casos e óbitos já é observada nas últimas semanas, de forma progressiva, conforme o MS. De 25 de junho a 25 de julho, a média móvel de casos teve queda de 40%. Já quanto ao número de mortes, a redução foi de 42%. Nos últimos quatro meses, houve uma queda 46% na média móvel de casos e de 65% na de óbitos pela Covid-19.

A média móvel de mortes é calculada somando as mortes confirmadas nas últimas 24 horas com as que foram registradas nos seis dias anteriores. Com atualizações recorrentes, a média móvel de casos ajuda os especialistas a avaliarem a situação da pandemia, apontando para o aumento ou a estabilização dos números.

Nas últimas 24 horas, 1.175 mortes em decorrência da Covid-19 foram registradas no País. Os dados foram divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde nesta quarta-feira, 4, às 18 horas. Durante o período, também foram notificados 40.715 novos casos de contágio pela doença. Desde o início da pandemia, o Brasil registra cerca de 20 milhões de casos de contágio, além de acumular 559.607 vítimas fatais da doença.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Futsal: Seleção do Brasil é convocada para Copa do Mundo Fifa 2021

Mundial de Futsal
00:53 | Ago. 05, 2021
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou nessa quarta-feira, 4, a lista dos 16 jogadores que defenderão o Brasil no Mundial da Lituânia, que acontece entre os dias 12 de setembro e 3 de outubro. A seleção brasileira foi sorteada para integrar o grupo D com a República Tcheca, Panamá e Vietnã.

Ao todo, serão 24 seleções divididas em seis chaves. Passam para as oitavas de final as duas melhores de cada chave, além dos quatro melhores terceiros. Para fazer a convocação, o técnico do Brasil Marquinhos Xavier apostou em misturar nomes de jogadores que atuam no País, com nomes que competem nas principais ligas europeias de futsal, sendo oito de cada. 

"Temos que ser humildes, sabemos que os países evoluem. Por outro lado, temos uma hegemonia a defender, que é a história do nosso futsal. Temos uma equipe extremamente capacitada para buscar esse título. Nós estamos indo com esse desejo de trazer esse título para o Brasil. Mas sempre respeitando o crescimento dos outros países, temos fortes concorrentes. A nossa missão é nos concentrarmos naquilo que temos que fazer, na nossa capacidade de desenvolver um grande futsal e trazer, mais uma vez, essa importante conquista", afirmou o técnico da Seleção em divulgação da CBF. 

Brasil no futsal: confira os nomes dos convocados 

Goleiros:

Guitta – Sporting (POR)

Djony – Sorocaba

Wllian – Joinville

Fixos:

Rodrigo – Sorocaba

Marlon – Palma (ESP)

Lé – Corinthians

Alas:

Arthur – Benfica (POR)

Leonardo – Sorocaba

Dyego – Barcelona (ESP)

Leandro Lino – Sorocaba

Bruno – Ukhta (RUS)

Gadeia – Elpozo (ESP)

Pivôs:

Ferrão – Barcelona (ESP)

Pito – Barcelona (ESP)

Rocha – Carlos Barbosa

Dieguinho – Joinville

Os grupos do Mundial de Futsal

  • Grupo A: Lituânia, Venezuela, Cazaquistão e Costa Rica
  • Grupo B: Uzbequistão, Guatemala, Rússia e Egito
  • Grupo C: Tailândia, Portugal, Marrocos e Ilhas Salomão
  • Grupo D: Panamá, República Tcheca, Brasil e Vietnã
  • Grupo E: Angola, Japão, Paraguai e Espanha
  • Grupo F: Argentina, Estados Unidos, Sérvia e Irã
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Governo quer parcelar precatórios para bancar aumento do Bolsa Família em 50%

ECONOMIA
00:32 | Ago. 05, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), reafirmou ontem, 4, que pretende reajustar em pelo menos 50% o valor oferecido pelo Bolsa Família e sugeriu mudar o nome do programa para Auxílio Brasil."Estamos aprofundando de modo que tenhamos um novo programa, Auxílio Brasil, pelo menos 50% maior do que o Bolsa Família. Os outros 50% vou deixar para o Paulo Guedes anunciar", disse, na cerimônia de posse do novo ministro-chefe da Casa Civil, Ciro Nogueira. O alvo para angariar recursos, agora, são os precatórios - dívidas do Poder Público para com a população.
A equipe econômica estuda aumentar até o fim deste ano o atual benefício médio de R$ 190 para o mínimo de R$ 300 (ampliação de 57,9%) ou R$ 400 (105,3% a mais).
O meio de financiar o reajuste é objeto de disputas internas no Planalto. O ministro da Economia, Paulo Guedes, defendeu, em reunião com os presidentes da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), o parcelamento dos precatórios. A medida, via Proposta de Emenda à Constituição (PEC) abriria espaço no Orçamento para a ampliação do programa de assistência social. 

PEC dos Precatórios é "pedalada"

Já o vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM), reagiu e disse que o parcelamento dos precatórios em até dez anos é uma pedalada fiscal que pode ser enquadrado como crime de responsabilidade. Ramos é o primeiro vice-presidente da Câmara e assume a Mesa Diretora na ausência de Lira. Após virar alvo de Bolsonaro, ele pediu acesso aos mais de 100 pedidos de impeachment protocolados na Casa e disse que fará uma análise desses documentos.

"Assisti abismado o governo anunciar que vai encaminhar a esta Casa uma PEC para parcelar compulsoriamente precatórios. Rolar dívida de um ano para o outro para abrir espaço fiscal tem nome no Brasil, o nome disso é pedalada. Isso já gerou o impeachment de uma presidente da República, e agora o governo resolveu constitucionalizar a pedalada", afirmou, em discurso no plenário. "Isso é inadmissível, isso é pedalada, isso é crime de responsabilidade hoje. Isso é calote."

Ainda sobre a PEC dos precatórios, Ramos disse que o governo vai dar o calote nos professores, já que parte dessas dívidas se refere ao extinto Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef). Uma lei aprovada no Congresso estabeleceu que 60% desses precatórios devem ser obrigatoriamente aos profissionais de educação. Para 2022, foram expedidos precatórios para Bahia, Pernambuco, Ceará e Amazonas.

Outras unidades da federação têm valores a receber, mas ainda não foram contemplados. Estão na fila Maranhão, pendente de recurso, e Pará, que não obteve a expedição de precatório para 2022.

Estados articulam ofensiva

Os Estados também se mobilizam numa ofensiva no Congresso para evitar o parcelamento dos precatórios devidos pela União. Dos R$ 89 bilhões em dívidas judiciais previstas no Orçamento de 2022, pelo menos R$ 16,6 bilhões têm governos estaduais como credores. Para os Estados, a PEC dos precatórios e o projeto que altera o Imposto de Renda são duas frentes lançadas pelo governo federal que fragilizam as contas dos governos regionais, com perda de arrecadação.
Por trás desse imbróglio, há um cálculo político do governo de não querer encher o caixa de governadores adversários do presidente Jair Bolsonaro em ano de eleição, sobretudo no Nordeste. Parlamentares que admitem resistência à medida relembram que o próprio ministro da Economia, Paulo Guedes, é defensor do lema "menos Brasília, mais Brasil". Para esse grupo, barrar o pagamento integral dos precatórios aos Estados vai contra o "pacto federativo" apregoado pelo próprio chefe da equipe econômica.
O secretário da Fazenda de Pernambuco, Décio Padilha, disse ao Estadão que o parcelamento não vai prejudicar só aqueles Estados e municípios que têm a receber precatórios agora, mas todos que estão na fila para receber nos próximos anos ou ganharem sentenças no futuro.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags