PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Mourinho critica mercado do United e não se vê ?à altura? de rivais

A temporada europeia nem teve início de forma oficial e José Mourinho já deu seus primeiros pitacos com sua sinceridade característica. Realizando um torneio amistoso e a preparação para as competições nos Estados Unidos, o treinador não se mostrou nada satisfeito com o número de reforços contratados pelo Manchester United até o momento e muito [?]

09:45 | 25/07/2018

A temporada europeia nem teve início de forma oficial e José Mourinho já deu seus primeiros pitacos com sua sinceridade característica. Realizando um torneio amistoso e a preparação para as competições nos Estados Unidos, o treinador não se mostrou nada satisfeito com o número de reforços contratados pelo Manchester United até o momento e muito menos empolgado com a atuação da diretoria no mercado de transferências.

De acordo com o treinador português, os Red Devils não estão ?à altura? dos rivais ingleses, caso de Liverpool e Chelsea, quando o assunto são as contratações e isso pode custar, no futuro, os títulos tão sonhados pelos torcedores e pela diretoria.

?A primeira realidade que precisamos encarar já na pré-temporada é a de que o nível do nosso plantel não está à altura de times como Liverpool e Chelsea. Precisamos fazer mais algumas contratações, além de manter nossas estrelas, claro, se quisermos lutar por títulos?, disse Mourinho em entrevista coletiva concedida em Los Angeles, nos Estados Unidos.

Desde que a janela de transferências foi aberta, o Manchester United anunciou as contratações do meio-campista Fred, o lateral Diogo Dalot e o goleiro Lee Grant. Desse três, porém, apenas o brasileiro, inicialmente, deve postular uma vaga entre os titulares a partir do momento que todos os atletas estiverem à disposição. Mourinho, aliás, deixou claro que necessita de ao menos mais dois reforços.

?Gostaria de poder contar com mais dois jogadores, mas uma coisa é o que eu gostaria, outra é o que vai acontecer?, indagou. ?Claro que todos aqui conosco estão envolvidos com o processo de preparação e com um comprometimento incrível para a sequência da temporada. Posso dizer até que estou contente com as partidas, a evolução nos jogos, mas tenho que admitir que ainda não somos uma equipe, somos um grupo de jogadores?, ressaltou o ?Special One?.

Gazeta Esportiva

TAGS