PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Principal cotado, Pochettino não descarta assumir o Real Madrid

Desde que foi anunciada a saída de  Zinedine Zidane do cargo de comandante do Real Madrid, o nome de Maurício Pochettino, atual treinador do Tottenham, está sendo cotado como o principal favorito para assumir a função. Na manhã desta sexta-feira, o treinador esteve no lançamento de seu livro ?Um mundo novo, diário íntimo de Pochettino [?]

09:45 | 01/06/2018

Desde que foi anunciada a saída de  Zinedine Zidane do cargo de comandante do Real Madrid, o nome de Maurício Pochettino, atual treinador do Tottenham, está sendo cotado como o principal favorito para assumir a função. Na manhã desta sexta-feira, o treinador esteve no lançamento de seu livro ?Um mundo novo, diário íntimo de Pochettino em Londres? e não descartou a possibilidade de assumir os merengues.

?Vivo o presente, não há anda mais importante do que isso. Desfruto do que se está a passar e o que tiver de acontecer, acontecerá?, declarou o treinador que vem chamando a atenção com o seu trabalho no comando dos jovens dos Spurs.

O seu trabalho tem sido tão bom que recentemente o comandante renovou o seu contrato com a equipe inglesa até 2023. No entanto, em uma das cláusulas deste novo vínculo está aberta a possibilidade de uma saída facilitada em caso de um desejo do Real Madrid. Esta informação foi confirmada pelo próprio Pochettino em entrevista ao AS durante o lançamento de seu livro.

?O Real Madrid ganhou quatro Ligas dos Campeões em cinco anos, três seguidas. Estamos a falar de jogadores que são os melhores do mundo. Vocês pensam que os treinadores acham difícil, que é preciso ter coragem para comandar um plantem assim? Eu acho o contrário. Estamos falando de uma das melhores equipes da história do futebol?, ponderou.

?Não tive tempo para sentir nada porque foi tudo muito rápido. O Real Madrid move uma estrutura que é impensável para outros clubes e toda a expectativa que se gera quando há o seu nome associado a essa marca é imensa. Lido com naturalidade, não me afeta nada. Estou num projeto espetacular, onde a motivação é tremenda. Acabei de renovar por cinco temporadas, estou contente e feliz que as pessoas do Tottenham estejam contentes comigo?, completou o treinador.

Gazeta Esportiva

TAGS