Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Paysandu leva virada do Goiás e perde chance de entrar no G4 da Série B

Pela segunda rodada seguida, o Paysandu caiu diante de um membro da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B. A goleada sofrida diante do Criciúma não serviu para o Papão aprender a lição, e na noite dessa sexta-feira a equipe paraense acabou levando uma virada para o Goiás no estádio Olímpico de Goiânia. [?]
22:45 | Jun. 08, 2018
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Pela segunda rodada seguida, o Paysandu caiu diante de um membro da zona de rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B. A goleada sofrida diante do Criciúma não serviu para o Papão aprender a lição, e na noite dessa sexta-feira a equipe paraense acabou levando uma virada para o Goiás no estádio Olímpico de Goiânia. A vitória por 2 a 1 aliviou o Esmeraldino, mas ainda foi insuficiente para tirar, aos menos temporariamente, o clube do Z4.

O trinfo levou o Goiás aos oito pontos, na 17ª colocação, duas posições acima do que se encontrava antes do início da 10ª rodada. Já o Paysandu perdeu a grande chance de entrar no G4 ao estacionar nos 15 pontos. Pior que isso, sua posição, a quinta na tabela, deve ser perdida com o completo dos jogos.

Os três gols marcados no estádio Olímpico nessa sexta foram marcados no primeiro tempo. Primeiro, dos donos da casa foram ás redes, mas tiveram o tento anulado por impedimento. No lance seguinte, os visitantes abriram o placar com Renato Augusto.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

A resposta não demorou. Alex Silva deixou tudo igual e empolgou o Esmeraldino a partir para a pressão. A recompensa chegou pouco antes do intervalo, graças a gol de Lucão.

Na etapa final, o Goiás teve duas chances incríveis de matar o jogo e ganhar tranquilidade. Micheael e Renato Cajá acertaram a trave de Renan Rocha e Lucão ainda desperdiçou o rebote do primeiro lance de forma inacreditável, sem goleiro.

Apesar do sufoco aparentemente desnecessário, a torcida Esmeraldina pôde fazer a festa após o apito final. Do outro lado sobrou lamentação pelo segundo tropeço seguido e a nova chance desperdiçada de entrar no pelotão de acesso à elite do futebol brasileiro.

Na próxima rodada, o Goiás visita o Londrina na terça-feira, às 18h, no estádio do Café, no Paraná. O Paysandu entra em campo no sábado, na Curuzu, contra o CSA, às 21h.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS 2 x 1 PAYSANDU

Local: Estádio Olímpico Pedro Ludovico, em Goiânia (GO)

Data: 8 de junho de 2018, sexta-feira

Horário: 20h30 (Brasília)

Árbitro: Antonio Dib Moraes de Souza (PI)

Assistentes: Thyago Costa Leitão (PI) e Márcio Iglésias Araújo Silva (PI)

Cartões amarelos: Alex Silva, Carlos Eduardo, Marcos, Edcarlos (GOI); Edimar, Claudinho, Perema, Thomaz, Maicon Silva (PAY)

Público: 2.759 pagantes

Renda: R$ 26.355,00

GOLS

Goiás: Alex Silva, aos 31, e Lucão, aos 43 minutos do 1T

Paysandu: Renato Augusto, aos 14 minutos do 1T

GOIÁS: Marcos; Alex Silva, David Duarte, Edcarlos e Ernandes; Gilberto (João Afonso), Renato Cajá e Giovanni; Michael (Felipe Garcia), Carlos Eduardo (Maranhão) e Lucão

Técnico: Ney Franco

PAYSANDU: Renan Rocha; Diego Ivo, Douglas Mendes (Perema) e Edimar; Maicon, Renato Augusto, Alan Calbergue (Moisés) e Carlinhos; Thomaz, Claudinho (Dionathã) e Cassiano

Técnico: Dado Cavalcanti

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags