PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Nikão quer apoio da torcida para Furacão acabar com jejum de vitórias

O Atlético Paranaense segue vivendo um incômodo jejum de vitórias e, consequentemente, sem deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, e o empate em 0 a 0 diante do Paraná Clube deixou o torcedor ainda mais desconfiado. O atacante Nikão, que voltou ao time, recém-recuperado de uma fratura na mão, se sacrificou para tentar [?]

22:45 | 28/05/2018

O Atlético Paranaense segue vivendo um incômodo jejum de vitórias e, consequentemente, sem deixar a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, e o empate em 0 a 0 diante do Paraná Clube deixou o torcedor ainda mais desconfiado. O atacante Nikão, que voltou ao time, recém-recuperado de uma fratura na mão, se sacrificou para tentar ajudar a equipe com sua experiência, mas ainda assim não evitou a igualdade na Vila Capanema.

?Eu quis estar dentro de campo, porque sei da minha responsabilidade e do que represento dentro da equipe?, revelou o jogador rubro-negro, que teve em seus és uma das principais oportunidades para tirar o zero do placar. ?Foi um lance muito rápido, uma questão de segundos. O goleiro foi feliz e pegou com a perna?, acrescentou.

O Furacão não terá muito tempo para lamentar e já se prepara para a partida de quinta-feira, diante do Santos, na Arena, que Nikão prevê como dura, mas fundamental para o time sair das últimas colocações, de preferência com o apoio do torcedor. ?A torcida sabe o quanto ela é importante. Neste momento, precisamos estar todos juntos. Temos um jogo difícil contra o Santos e nós precisamos vencer?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS