PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Nenê e Militão treinam no São Paulo e devem enfrentar o Rosario

O São Paulo deve contar com praticamente a sua força máxima para enfrentar o Rosario Central-ARG, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Morumbi, pelo jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. Na tarde desta terça, principais dúvidas para o duelo, Nenê e Éder Militão apareceram em campo e devem ser relacionados pelo [?]

17:15 | 08/05/2018

O São Paulo deve contar com praticamente a sua força máxima para enfrentar o Rosario Central-ARG, nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), no Morumbi, pelo jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana. Na tarde desta terça, principais dúvidas para o duelo, Nenê e Éder Militão apareceram em campo e devem ser relacionados pelo técnico Diego Aguirre.

No CT da Barra Funda, a imprensa pôde acompanhar somente a primeira parte do treino. Durante esse período, a dupla participou normalmente do aquecimento com bola ao lado dos companheiros, trocou passes e se movimentou sem demonstrar qualquer tipo de restrição física.

Único jogador que foi titular em todas as 11 partidas de Aguirre à frente do Tricolor, Nenê se recuperou de dores na coxa esquerda que o tiraram de campo no início do segundo tempo do embate com o Atlético-MG, no último sábado. Já Militão havia sofrido um incômodo no adutor ainda durante o aquecimento para o confronto.

Rapidamente, os dois iniciaram o processo de recuperação. No domingo, foram submetidos a exames médicos que não detectaram lesões e começaram o tratamento em período integral no Reffis, ao qual deram sequência na última segunda, quando não trabalharam em campo.

Para essa partida, o treinador uruguaio tem dois desfalques certos: Rodrigo Caio e Everton. O zagueiro, expulso no jogo de ida, terá de cumprir suspensão, ao passo que o meia-atacante nem sequer foi inscrito na primeira fase do torneio continental.

Uma possível escalação, portanto, tem Sidão; Militão (Anderson Martins), Arboleda e Bruno Alves; Régis, Jucilei, Hudson e Reinaldo; Nenê (Cueva), Valdívia e Diego Souza.

Como o primeiro encontro, no dia 12 de abril, terminou empatado sem gols, o time que vencer nesta quarta avançará consequentemente à segunda fase. Um novo 0 a 0 levará a decisão para os pênaltis. Já uma igualdade com gols dará a vaga ao Rosario.

Gazeta Esportiva

TAGS