PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Goiás e Vila Nova fazem primeiro clássico da Série B 2018

Neste sábado, será disputado o primeiro clássico da Série B do Campeonato Brasileiro. Pela quarta rodada, a partir das 16h30 (no horário de Brasília), no Serra Dourada, em Goiânia, Goiás e Vila Nova protagonizarão o tradicional Dérbi do Cerrado. O duelo é importante para ambas as equipes. A primeira, na 17 colocação com apenas um [?]

20:15 | 04/05/2018

Neste sábado, será disputado o primeiro clássico da Série B do Campeonato Brasileiro. Pela quarta rodada, a partir das 16h30 (no horário de Brasília), no Serra Dourada, em Goiânia, Goiás e Vila Nova protagonizarão o tradicional Dérbi do Cerrado. O duelo é importante para ambas as equipes. A primeira, na 17 colocação com apenas um ponto ganho, vai em busca de sua primeira vitória na competição para espantar a má fase. Já a segunda, em quarto lugar com nove, luta para manter os 100% de aproveitamento, já que venceu todas as partidas que disputou até então.

Após um início ruim na Série B 2018, o Goiás chega pressionado para o clássico deste final de semana. Sobretudo, quem mais tem sido alvo de reclamações é o técnico Hélio dos Anjos, que foi acusado por parte da torcida de ser um dos que seriam ?amigos e apadrinhados? do clube. O time pretende fazer do jogo um divisor de águas, tal como apontou o goleiro Marcelo Rangel, em coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira.

?Uma vitória vai nos dar uma confiança maior para sequência da competição. É uma retomada. Do outro lado existe um time com muita qualidade, mas clássico não tem favorito. Estamos conscientes da importância do jogo. Será um divisor de águas para o Goiás?, afirmou o arqueiro.

O meia Léo Sena, com um estiramento muscular na parte posterior da coxa, e o atacante Junior Viçosa, com lesão no ligamento colateral medial do joelho esquerdo, são os desfalques certos do Esmeraldino para a partida. Giovanni, com problemas musculares, tem poucas chances de entrar em campo. Por outro lado, Carlos Eduardo, que não esteve à disposição contra o São Bento, é dúvida, assim como Caíque Sá, que pode voltar após sofrer um desgaste muscular.

No Vila Nova, por outro lado, o momento não poderia ser melhor. Após vencer Avaí, CRB e Sampaio Corrêa nas primeiras três rodadas, o Tigre segue firme na corrida pelas primeiras posições da tabela. Um triunfo no Dérbi do Cerrado, inclusive, pode deixar a equipe na liderança do campeonato ao fim da rodada. O técnico Hemerson Maria, que não perdeu nenhum dos quatro confrontos que já teve contra o rival (duas vitórias e dois empates), reconhece a importância de chegar embalado ao clássico, mas faz questão de segurar a empolgação em prol de três pontos mais.

?Isso é importante (invencibilidade no clássico), eleva a autoestima do torcedor e faz com que a gente ganhe mais confiança. Mas é passado. Temos que escrever uma nova história e disputar a partida com intensidade, atenção e respeito para no fim do jogo comemorarmos mais uma vitória, o que seria muito importante?, admitiu o treinador.

Mesmo mantendo o suspense a respeito da escalação que iniciará o jogo no Serra Dourada, a certeza é de que Maria voltará a colocar Keké no banco de reservas. O atacante atuou diante do Sampaio Corrêa, em função da suspensão de Lincom (antidoping), mas deve dar lugar a Ramon, recuperado de lesão, ou Alan Mineiro contra o Goiás.

FICHA TÉCNICA

GOIÁS X VILA NOVA 

Local: Estádio Serra Dourada, em Goiânia (GO)

Data: 6 de maio de 2018, sábado

Horário: 16h30 (horário de Brasília)

Árbitro: Sandro Meira Ricci (PR)

Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e Marcelo Carvalho Van Gasse (SP)

GOIÁS: Marcelo Rangel; Alex Silva (Caíque Sá), Edcarlos, David Duarte e Breno; Gilberto Júnior, Pedro Bambu e Rafinha; Carlos Eduardo, Maranhão e Robson (Jacó)

Técnico: Hélio dos Anjos

VILA NOVA: Mateus Pasinato; Maguinho, Wesley Matos, Diego Giaretta e Gastón Filgueira; Geovane, Wellington Reis, Mateus Anderson e Elias; Alan Mineiro (Ramon) e Reis

Técnico: Hemerson Maria

Gazeta Esportiva

TAGS