PUBLICIDADE
Futebol

Falcão García é condenado por fraude fiscal na Espanha

Falcão García, centroavante do Mônaco foi condenado pela Justiça espanhola nesta quarta-feira (23), por fraude fiscal em 2012 e 2013, na época ele jogava pelo Atlético de Madrid. A pena é de 16 meses de prisão, além da multa de 9 milhões de euros (cerca de R$ 38.327.163,00), no entanto, o colombiano cumprirá em liberdade. A Justiça acusa [?]

15:00 | 23/05/2018

Falcão García, centroavante do Mônaco foi condenado pela Justiça espanhola nesta quarta-feira (23), por fraude fiscal em 2012 e 2013, na época ele jogava pelo Atlético de Madrid. A pena é de 16 meses de prisão, além da multa de 9 milhões de euros (cerca de R$ 38.327.163,00), no entanto, o colombiano cumprirá em liberdade.

A Justiça acusa que o jogador teria praticado irregularidades com relação a direitos autorais e não declarado 882.609 euros (R$ 3.758.655,00), em 2012, e ? 4.839.253 (R$ 20.608.316), em 2013, com objetivo de conseguir benefícios fiscais.

Na Espanha, penas inferiores a dois anos de prisão só precisam ser cumpridas caso o juiz responsável pelo caso considere necessário. Como Falcão colaborou se declarando culpado e aceitando o pagamento de multa, o jogador poderá cumprir a pena em liberdade.

Gazeta Esportiva

TAGS