PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Capitão do Grêmio, Maicon exalta elenco e cita evolução

Com a derrota por 2 a 1 para o Botafogo na última rodada do Campeonato Brasileiro, rapidamente surgiram surgir críticas e questionamentos a respeito da possibilidade do Grêmio brigar nas três frentes que disputa: Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores. Na tarde desta quinta-feira, Maicon, capitão da equipe, concedeu entrevista coletiva, e falou sobre o [?]

18:45 | 03/05/2018

Com a derrota por 2 a 1 para o Botafogo na última rodada do Campeonato Brasileiro, rapidamente surgiram surgir críticas e questionamentos a respeito da possibilidade do Grêmio brigar nas três frentes que disputa: Brasileirão, Copa do Brasil e Libertadores. Na tarde desta quinta-feira, Maicon, capitão da equipe, concedeu entrevista coletiva, e falou sobre o assunto.

Segundo o volante, o Tricolor Gaúcho não abrirá mão de nenhuma competição, mas o jogador deu a entender que a equipe dará preferência aos torneios de tiro curto (Copa do Brasil e Libertadores).

?Vamos brigar. Sabemos que não é fácil porque temos adversários qualificados e com o mesmo objetivo: A taça. Mas em campeonatos de tiro curto, se deixarmos para recuperar na próximo jogo, podemos não conseguir?, disse.

O capitão também exaltou a qualidade do grupo gremista, e garantiu que a equipe tem elenco para manter o nível durante todo o Brasileirão.

?O Campeonato Brasileiro tem 38 rodadas, se não acontecer o que aconteceu com o Corinthians, disparar, tem como recuperar. E outra, posso falar que o Renato pode tirar os 11 jogadores que estão jogando e colocar 11 que não estão jogando que o nível fica o mesmo?, afirmou.

Além disso, Maicon acredita que mesmo com a qualidade da equipe, sempre há algo a melhorar. Segundo o capitão, o time continua evoluindo durante os jogos e treinamentos.

?Eu sempre falo que se a nossa última partida foi boa, a próxima tem que ser melhor. Não podemos ficar escorados em um jogo bom porque ainda temos muito pela frente(?)Nossa equipe não faz muito gol de bola parada. Por sabermos que a gente tem muita qualidade pra jogar, construímos muito e temos muitas chances, às vezes não vamos com muita gana na hora do escanteio. Estamos mudando isso?, completou.

Gazeta Esportiva

TAGS