PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Após três anos, Parma retorna à Primeira Divisão na Itália

O Parma conquistou nesta sexta-feira o tão sonhado acesso à Série A do Campeonato Italiano. Tido como um dos mais tradicionais da ?Terra da Bota?, o clube que já teve o goleiro Buffon, Cannavaro, Verón e Crespo como seus jogadores venceu o Spezia por 2 a 0 e assegurou seu retorno à elite do futebol [?]

18:45 | 18/05/2018

O Parma conquistou nesta sexta-feira o tão sonhado acesso à Série A do Campeonato Italiano. Tido como um dos mais tradicionais da ?Terra da Bota?, o clube que já teve o goleiro Buffon, Cannavaro, Verón e Crespo como seus jogadores venceu o Spezia por 2 a 0 e assegurou seu retorno à elite do futebol nacional após longos anos nas divisões inferiores.

Rebaixado para a Série D por conta de problemas financeiros, o Parma se tornou o primeiro time da história do futebol italiano a conquistar três acessos de forma consecutiva. O ressurgimento do clube foi meteórico, terminando nas primeiras posições dos Campeonatos Italianos que disputou temporada após temporada.

Com o resultado, o Parma se juntou ao Empoli como os clubes que já estão garantidos na Série A da temporada 2018/19. A terceira vaga será definida em jogos eliminatórios protagonizados por Frosinone, Palermo, Venezia, Bari, Cittadella e Perugia.

No século XXI o Parma passou pelos momentos mais difíceis de sua história. Em 2004, com a saída da Parmalat, sua principal patrocinadora, que estava envolvida em escândalos de corrupção, o clube não resistiu e acabou rebaixado à Série B.

Mais de dez anos depois, em 2015, o time voltou a cair de divisão, porém, desta vez por conta de uma grave crise financeira que o fez decretar falência. O resultado disso foi o descenso do Parma direto para a Série D, a Quarta Divisão nacional.

Alessandro Lucarelli, único jogador do Parma a participar de todos os acessos da equipe nos últimos anos não escondeu a emoção após garantir o acesso. O experiente atleta de 40 anos, inclusive, deixou aberta a possibilidade de, enfim, pendurar as chuteiras.

?Parecia tudo perdido, então ouvimos a vibração da nossa torcida. É a coroação de um percurso iniciado há três anos. Sempre nos reerguemos. Este é um grande prêmio para o povo de Parma, eu e eles nunca desistimos. Agora, já posso parar?, afirmou Lucarelli à Sky Sports.

Gazeta Esportiva

TAGS