PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Zagueiro da Juventus admite toque, mas nega que tenha cometido pênalti

Depois da polêmica envolvendo o jogo Real Madrid e Juventus, pelas quartas de final da Liga dos Campeões, o zagueiro Mehdi Benatia resolveu se pronunciar sobre o pênalti que cometeu sobre o atacante Lucas Vázquez. Para o marroquino, houve o contato sobre o jogador merengue, porém não o suficiente para a marcação do árbitro inglês Michael [?]

16:15 | 12/04/2018

Depois da polêmica envolvendo o jogo Real Madrid e Juventus, pelas quartas de final da Liga dos Campeões, o zagueiro Mehdi Benatia resolveu se pronunciar sobre o pênalti que cometeu sobre o atacante Lucas Vázquez. Para o marroquino, houve o contato sobre o jogador merengue, porém não o suficiente para a marcação do árbitro inglês Michael Oliver.

Após o fim do jogo, eu vi as imagens, todos nós vimos o lance na televisão. Para mim, não se pode apitar falta neste tipo de jogada. Ele considerou falta e foi revoltante para nós por tudo o que a gente fez na partida, estávamos fazendo de tudo e estávamos conseguindo levar para a prorrogação?, destacou Benatia em entrevista realizada à emissora beIN Sport.

?Se eu tivesse feito falta, pode ter certeza que eu diria para todo mundo. Toquei nele de alguma maneira, mas fiz de tudo para não tocá-lo. O futebol segue sendo um esporte de contato, e é possível que minha coxa tenha tocado nele, mas não tentei derrubá-lo, essa é a verdade. É grave, estamos desgostosos, mas assim é o futebol e agora estamos eliminados?, finalizou o defensor marroquino.

O lance destacado por Benatia aconteceu no último minuto do confronto entre Juventus e Real Madrid. Com o placar em 3 a 0 para  a equipe italiana, o jogo estava indo para a prorrogação para decidir quem iria para as semifinais da Liga dos Campeões.

No entanto, o árbitro da partida marcou pênalti de Benatia no atacante Lucas Vázquez. O jogador do Real Madrid tinha recebido passe de Cristiano Ronaldo e teria condições de finalizar no gol defendido por Buffon. O próprio goleiro italiano foi um dos que mais reclamou, tanto que levou cartão vermelho direto no seu provável último jogo da Liga dos Campeões da Europa.

Gazeta Esportiva

TAGS