PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

?O São Paulo não está se armando para vender ninguém?, diz Leco

Apresentado como novo reforço do São Paulo nesta quarta-feira, o meia-atacante Everton custou R$ 15 milhões, sendo a contratação mais cara do clube para a temporada 2018. O alto investimento, contudo, não significa que o Tricolor irá compensar com a venda de jogadores na próxima janela de transferências, garantiu o presidente Carlos Augusto de Barros [?]

19:30 | 18/04/2018

Apresentado como novo reforço do São Paulo nesta quarta-feira, o meia-atacante Everton custou R$ 15 milhões, sendo a contratação mais cara do clube para a temporada 2018. O alto investimento, contudo, não significa que o Tricolor irá compensar com a venda de jogadores na próxima janela de transferências, garantiu o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco.

?O São Paulo não está se armando para vender ninguém. Está investindo significativamente porque faz isto faz parte de um processo que o São Paulo está estabelecendo ao longo do tempo no sentido de recuperar a credibilidade. Uma gestão segura que possa fazer investimentos sem a venda de jogadores?, afirmou o mandatário, durante a apresentação de Everton, nesta quarta-feira, no CT da Barra Funda.

Ocupando o principal cargo do clube desde outubro de 2015, Leco é criticado pela torcida em função da prática recorrente de negociar atletas, gerando desmanches e enfraquecendo o elenco. De acordo com o dirigente, tal medida não se faz mais necessária em virtude da melhora financeira do clube, embora não a descarte em casos excepcionais.

?O São Paulo já teve a necessidade de vender jogadores, hoje não tem mais. O que não elimina essa possibilidade. O São Paulo não está fechado para o mercado. Temos muito jogadores que são protagonistas e observados pelo mundo. O São Paulo, provavelmente, não escapará de um interesse?, avaliou o presidente.

Com Everton, o São Paulo atingiu a marca de nove reforços para a temporada 2018. Antes dele foram contratados Jean, Diego Souza, Anderson Martins, Nenê, Tréllez, Valdívia, Régis e Gonzalo Carneiro. Dessa forma, segundo Leco, o clube está preparado para brigar pelos títulos da Copa do Brasil, da Sul-Americana e do Campeonato Brasileiro.

?O São Paulo considera que, com as contratações feitas até agora, a equipe está estruturada para enfrentar todos os certames que disputar. E não vai apenas participar das competições. Claro que a dinâmica exige sempre atenção para todas as possibilidades que o mercado apresenta. O São Paulo se considera pronto para todas as competições, mas não está fechado para as oportunidades que venham?, reiterou.

Gazeta Esportiva

TAGS