PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Tabu de oito anos favorece a Juve em duelo decisivo contra o Napoli

O empate da líder Juventus com o Crotone, nesta quarta-feira, pela rodada de número 33 do Campeonato Italiano, reanimou as esperanças do vice-líder Napoli na disputa pelo título nacional de 2017/18. A diferença na tabela, que chegou seis pontos no fim de semana, voltou para quatro na última rodada e pode chegar a apenas um [?]

17:00 | 19/04/2018

O empate da líder Juventus com o Crotone, nesta quarta-feira, pela rodada de número 33 do Campeonato Italiano, reanimou as esperanças do vice-líder Napoli na disputa pelo título nacional de 2017/18. A diferença na tabela, que chegou seis pontos no fim de semana, voltou para quatro na última rodada e pode chegar a apenas um no domingo, caso os napolitanos vençam o confronto direto e decisivo.

Porém, se o retrospecto recente do duelo for levado em conta, é a Vecchia Signora que deve ficar otimista. Como mandante, a Juve não perde do Napoli pela Serie A desde o dia 31 de outubro de 2009. De lá para cá, foram sete partidas entre as duas equipes em Turim, das quais seis foram vencidas pelos donos da casa, além de um empate. Na ocasião, os visitantes ganharam por 3 a 2, com dois gols de Hamsik e um de Dátolo. Trezeguet e Giovinco diminuíram para os Bianconeros.

Se forem considerados confrontos nas duas casas, os celestes também não podem se animar muito. Afinal, já estão desde setembro de 2015 sem ganhar dos rivais pela liga nacional. Dos quatro jogos disputados desde então, foram três vitórias da equipe de Turim e um empate.

A cinco rodadas do final do Campeonato Italiano, o Napoli terá de acabar com os dois tabus se quiser continuar sonhando com o caneco. O pontapé inicial deste confronto decisivo está programado para as 15h45 (no horário de Brasília) deste domingo, na Arena Juventus.

Gazeta Esportiva

TAGS