Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Michel Bastos desembarca em Recife querendo fazer história no Sport

O meia Michel Bastos chegou em Recife nesta segunda-feira, para ser apresentado no dia 1º de maio, como o mais novo reforço do Sport. O experiente jogador chega com expectativas para jogar, se diz feliz em defender o novo clube, e explicou os motivos de poucos jogos no Palmeiras: ?A motivação é enorme. O Sport [?]
22:45 | Abr. 30, 2018
Autor -
Foto do autor
- Autor
Tipo Notícia

O meia Michel Bastos chegou em Recife nesta segunda-feira, para ser apresentado no dia 1º de maio, como o mais novo reforço do Sport. O experiente jogador chega com expectativas para jogar, se diz feliz em defender o novo clube, e explicou os motivos de poucos jogos no Palmeiras:

?A motivação é enorme. O Sport é um grande clube e eu venho com toda vontade de poder jogar na minha posição, que é algo que eu queria há muito tempo. Não tive essa oportunidade no Palmeiras e entendo. Foi pelo fato da concorrência no time ? que me obrigou a fazer outras funções. Aqui dentro do Sport estou vindo com essa possibilidade. Isso é um ponto que me deixa contente?, afirmou o jogador.

Michel ainda reforçou a preferência para atuar dentro das quatro linhas: ?Desde quando fui para a Europa, e quando voltei para São Paulo, gostei de jogar perto da área. Dar passe para gols e também procuro fazer. Prefiro jogar do meio para frente?, frisou o meia.

Por fim, o ex-Palmeiras quer fazer história com a camisa do Sport, e elogiou a torcida do Rubro Negro: ?Todo o povo brasileiro é apaixonado. Independentemente de onde for, você será cobrado. Eu sei que a cobrança vai ser grande, pois os torcedores sabem da minha qualidade e do que eu posso dar. Mas junto com a cobrança, virão também os elogios. Eu venho para tentar fazer história, e espero que o torcedor tenha um grande carinho por mim. Que eu possa ficar aqui, não só até o final do ano, mas talvez prolongar por mais tempo o contrato?, finalizou Michel Bastos.

Aos 34 anos, o jogador coleciona passagens por: Figueirense, Grêmio, São Paulo e Palmeiras. No futebol europeu, atuou no Schalke 04, mas foi no Lyon, da França, que chamou a atenção do mundo, com grandes atuações, que o levaram inclusive para a Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, com a Seleção Brasileira, comandada na época por Dunga.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Hernanes agradece Sport pela chance e projeta parceria com Thiago Neves

Profeta rubro-negro
20:35 | Ago. 04, 2021
Autor Gazeta Esportiva
Foto do autor
Gazeta Esportiva Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

Depois de rescindir com o São Paulo, Hernanes foi oficialmente apresentado como jogador do Sport nesta quarta-feira. O meio-campista agradeceu o clube pernambucano pela oportunidade e destacou que ainda tenho sonhos e objetivos para alcançar.

"Estou muito feliz para começar essa jornada e esse ciclo. Obrigado a todos, torcedores, diretoria e todos envolvidos na negociação. Como diz o nosso grandioso Alceu Valença, do qual eu sou fã, foi a saudade que me trouxe pelos braços. Ainda tenho sonhos e objetivos a alcançar. Quando estava para encerrar o ciclo anterior, eu pensava em qual cidade gostaria ou poderia viver e meu coração já falou Recife. Eu precisando de um lugar para mostrar meu futebol, e o Sport precisando o que eu tenho para oferecer. Foi uma conexão de momentos", disse o novo camisa 8.

O Profeta, como é apelidado, também aproveitou para comentar em qual posição ele deve atuar no Leão. Apesar de poder jogar em diversos setores do campo, ele revelou que os planos do técnico Umberto Louzer é colocá-lo como um terceiro homem de meio de campo, com liberdade para pisar na área dos rivais.

“Eu comecei como segundo volante no São Paulo, jogando com um sistema tático de três zagueiros, mas a cada ano que ia passando eu fui chegando mais a frente com menos determinações defensivas. Quando eu cheguei na Lazio eu já joguei quase como um segundo atacante. Eu jogava no 4-2-3-1 e estava atrás do atacante, como um 10, um segundo atacante. Joguei em várias posições. Mas eu venho para jogar”, afirmou.

“Conversei rapidamente com o Umberto Louzer e nos entendemos sobre a posição que ele me vê, a posição que ele me imagina que eu possa contribuir mais e como eu mostrei ao longo da minha carreira é que eu posso jogar em várias posições. Mas a posição que eu posso render mais, dependendo de vários fatores, eu já conversei com ele é o terceiro homem do meio de campo e sendo um 10 ou um 8, mas tendo um pouco mais de liberdade para chegar ao ataque e que desfrutar das minhas melhores características que é o chute a gol, o poder de finalização e assistência para o ataque”, completou.

Além de Hernanes, o Sport também conta com outro meia experiente no elenco. Trata-se de Thiago Neves, jogador que o ex-são-paulino conhece bem. Além de terem se enfrentado várias vezes, os dois já atuaram juntos pela Seleção Olímpica, em 2008.

"Sou fã. Admiro muito o futebol dele. Tivemos 40 dias de convívio durante as Olimpíadas, mas nos encontramos muito em campo jogando contra. Era sempre muito difícil, sempre deu muito trabalho. Poder jogar ao lado dele é um privilégio que facilita muito o jogo. Mas é uma questão do treinador, se ele vai conseguir poder escalar juntos ou um em detrimento do outro", falou.

Agora, o jogador de 36 anos vive a expectativa de estrear com a camisa rubro-negra. Para isso, no entanto, ele ainda terá que aprimorar a sua forma física, já que ele não entra em campo desde o dia 1 de junho.

“Eu já fiz todos os testes possíveis físicos ontem na minha chegada e estou fisicamente apto para treinar normalmente. Eu fiquei nesse intermédio de três semanas sem ter contato com bola e acredito que em duas semanas estarei pronto para Umberto me utilizar”, finalizou.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Com gols sobre CRB, Wellington Paulista iguala Robson e David na artilharia do Fortaleza

Goleador
20:34 | Ago. 04, 2021
Autor Brenno Rebouças
Foto do autor
Brenno Rebouças Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

O Fortaleza tem três jogadores empatados na disputa pela artilharia do time em 2021. Com o gol que marcou na vitória do Tricolor sobre o CRB por 1 a 0, pela Copa do Brasil, o centroavante Wellington Paulista chegou aos 11 tentos e empatou com David e Robson.

No torneio nacional, especificamente, porém, o camisa 9 assumiu a artilharia. Com os três gols que marcou sobre o CRB — dois na partida de ida e um na de volta —, Wellington Paulista chegou a quatro e é o principal goleador do Leão na Copa do Brasil e momentaneamente da própria competição, empatado com Rossi, do Bahia e Pablo, do São Paulo (Vanílson, do Manaus, também possui quatro gols, mas não joga mais no certame).

Os outros sete gols do WP9 estão distribuídos assim: quatro pelo Estadual, um na Copa do Nordeste e dois na Série A do Brasileiro. Vale lembrar, no entanto, que o centroavante ficou mais de um mês fora dos gramados por lesão na panturrilha direita.

Nas duas últimas temporadas, Wellington Paulista foi artilheiro do Fortaleza, com 15 gols em cada uma. Ao todo, ele possui 41 tentos pelo Tricolor, sendo o 21º maior artilheiro da história do clube. Ele está a três gols de alcançar Finazzi e entrar no Top 20 do Leão.

O “Kuririm do Pici”, como também é chamado, no entanto, garante não ser apegado ao status de artilheiro. "Eu, particularmente, não comento, não gosto de brincadeira de promessa, nem nada disso. Eu nunca estipulei meta nenhuma, eu procuro ir degrau a degrau, passo a passo e assim vou indo, fazendo meus gols, ajudando meus companheiros. Espero que eles continuem também fazendo gols e ajudando o Fortaleza, porque acho que o mais importante para nós é o Vojvoda ter uma dor de cabeça boa, ter três, quatro, cinco jogadores (que façam gols), [...] todos tem condições de dar alegrias ao Fortaleza", disse o centroavante.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Após vitória nas quartas do vôlei, Zé Roberto cita importância de Macris nas Olimpíadas

Jogos Olímpicos
20:28 | Ago. 04, 2021
Autor Gazeta Esportiva
Foto do autor
Gazeta Esportiva Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Seleção Brasileira de vôlei feminino venceu, nesta quarta-feira, 4, o Comitê Olímpico Russo, por 3 sets a 1, nos Jogos de Tóquio. Assim, garantiu vaga na semifinal do torneio e enfrentará a Coreia do Sul. O técnico Zé Roberto analisou a partida contra as russas, destacou a importância da união do grupo e citou a importância de Macris.

Na visão do comandante, “a Rússia melhorou da VNL para cá. Ganhou de adversário importantes, como Estados Unidos, por 3 sets a 0. A gente esperava um time bem posicionado, melhor de ataque, de passe, com bloqueio funcionando. Felizmente conseguimos fazer mais bloqueio do que elas (16 contra 10).”

Já Rosamaria, um dos destaques do Brasil em quadra, “marcou bem” e “conseguiu fechar” a adversária.

“Algumas vezes elas estouraram passe, a gente foi no triplo, a defesa conseguiu jogar. Mas, qualquer erro, é mortal contra esse time. O importante foi perder o primeiro set, mas reagir, sentir que dava,” pontuou.

Ele continuou o raciocínio: “As entradas da Macris e da Rosamaria ajudaram, mudaram um pouco a distribuição. Começamos a defender um pouco mais. Esse jogo é pegado sempre.”

Além das partes técnica e tática, Zé Roberto também citou o lado psicológico: “As derrotas sofridas que tivemos, as situações difíceis que passamos... Acredito que isso vai dando uma casca grossa, uma situação de tentar entender que, nesses momentos de crise, se o grupo estiver coeso, a gente tem condições de brigar com todas as equipes do mundo.”

“Não somos o melhor time, mas temos garra, atitude, força. Então, podemos perder, mas vamos brigar e é isso que está sendo importante de ver. As jogadoras adquiriram uma força mental grande”, completou.

Por fim, o treinador falou a respeito da levantadora Macris, que se lesionou contra o Japão e retornou à equipe. Ao lado de Rosamaria, ela foi um dos principais nomes do Brasil no jogo: “Achei uma pena se machucar. Virei e falei assim: ‘Não sei o que vai acontecer nessa Olimpíada, só tenho que te dizer uma coisa: você se preparou muito para esse momento. Você merece muita coisa.’”

“Estava muito apreensivo com a volta dela, porque ela não tinha saltado no bloqueio, mas, felizmente, voltou bem e nos deu um outro alento”, finalizou.

Em busca de vaga na decisão, a Seleção Brasileira feminina de vôlei enfrenta a Coreia do Sul na semifinal. O jogo será disputado na sexta-feira, à 1 hora (horário de Brasília).

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Petrobras anuncia lucro líquido de US$ 8 bilhões no segundo trimestre

Economia
20:25 | Ago. 04, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Petrobras anunciou lucro líquido de US$ 8,1 bilhões no segundo trimestre do ano. A informação foi divulgada na noite desta quarta-feira (4), logo após o fechamento do mercado financeiro.

“A Petrobras atingiu excelentes resultados operacionais e financeiros no segundo trimestre de 2021, com lucro líquido de US$ 8,1 bilhões, impactado positivamente pelo efeito da apreciação do real sobre a dívida. Entre os destaques, estão a geração de fluxo de caixa operacional e a de fluxo de caixa livre, totalizando US$ 10,8 bilhões e US$ 9,3 bilhões, respectivamente, e o EBITDA ajustado de US$ 11,8 bilhões, 32% acima do trimestre anterior”, divulgou a estatal em nota.

Também conhecido como Lajida, a sigla Ebitda (em inglês, Earnings Before Interest, Taxes, Depreciation and Amortization) significa “Lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização”

Segundo a Petrobras, o resultado positivo permitirá antecipar pagamento de dividendos à União e aos acionistas minoritários.

“Em função desse resultado, o Conselho de Administração da companhia aprovou a antecipação do pagamento de remuneração ao acionista referente ao exercício de 2021 no montante de US$ 6 bilhões, sendo US$ 4 bilhões [R$ 21 bilhões] a serem pagos em 25 de agosto deste ano e US$ 2 bilhões [R$10,6 bilhões] em 15 de dezembro de 2021. Dessa forma, a Petrobras compartilha os ganhos financeiros com a sociedade brasileira. A União, acionista controlador, receberá R$ 11,6 bilhões desse valor e, somadas as parcelas já pagas, o montante chegará ao final de 2021 em R$ 15,4 bilhões.”

A Petrobras destacou também a redução do endividamento, que chegou a uma dívida bruta de US$ 63,7 bilhões, 10,3% inferior ao trimestre passado. O valor está abaixo da previsão para este ano (US$ 67 bilhões) e muito próximo do objetivo de atingir US$ 60 bilhões, inicialmente previsto para o fim de 2022.

O presidente da estatal, Joaquim Silva e Luna, comemorou os números positivos da empresa, frisando que a companhia continua pautada em decisões técnicas.

“É um prazer apresentar os excelentes resultados operacionais e financeiros do segundo trimestre de 2021. Continuamos trabalhando duro, amparados em decisões absolutamente técnicas; evoluindo e tornando-nos mais fortes para melhor investir, suprir um mercado cada vez mais exigente e gerar prosperidade para nossos acionistas e para a sociedade”, afirmou Silva e Luna.

O relatório completo pode ser acessado na página da empresa na internet.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Setor produtivo critica aumento de juros básicos

Economia
20:25 | Ago. 04, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A aceleração do aperto monetário pelo Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) recebeu críticas de entidades do setor produtivo. Na avaliação de representantes da indústria, a elevação da taxa Selic (juros básicos da economia) para 5,25% ao ano atrasa a recuperação econômica e pode se refletir na manutenção do desemprego alto nos próximos meses.

Em nota, a Confederação Nacional da Indústria (CNI) classificou de “equivocada” a decisão do Copom. Para a entidade, as altas recentes da inflação não decorrem da demanda, mas de fatores externos que afetam a oferta, como a subida do dólar e o encarecimento de matérias-primas e insumos.

“O controle da inflação de oferta via juros é menos eficaz e requer um forte desestímulo à atividade econômica em um momento em que a recuperação da economia ainda se mostra frágil. A taxa de desemprego ainda está próxima do pico histórico e a produção da indústria de transformação perdeu força ao longo deste ano, apresentando queda em cinco meses no primeiro semestre”, destacou, no comunicado, o presidente da CNI, Robson Andrade.

Para a CNI, as pressões de custos cairão à medida que o dólar caia e o mercado de insumos e matérias-primas se reequilibre nos próximos meses.

Fiesp

A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) também criticou o aumento dos juros básicos da economia. Para ela, a decisão pode pôr em risco a “frágil” recuperação da economia brasileira, mantendo o desemprego alto e comprometendo o crescimento em 2022.

“Embora vários segmentos econômicos estejam com desempenho positivo, o mercado de trabalho continua com 14,8 milhões de desempregados e 4,6 milhões de pessoas que, apesar de estarem na força de trabalho antes da pandemia, não estão buscando emprego no momento devido às restrições”, ressaltou a Fiesp, em nota.

“Além disso, o PIB [Produto Interno Bruto] no segundo trimestre deve ter ficado próximo da estabilidade e as expectativas de crescimento para 2022 são de apenas 2,1%, segundo o último boletim Focus [pesquisa divulgada toda semana pelo Banco Central]”, finalizou a entidade.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags