PUBLICIDADE
Futebol

Jogadores exaltam reação e resposta dada pelo Furacão em campo

O Atlético Paranaense confirmou sua vantagem construída no jogo de ida da Copa do Brasil e , com um empate diante do São Paulo, em pleno Morumbi, cravou sua classificação para as oitavas de final. Incomodado com o tratamento dado ao Furacão por parte da imprensa paulista, o atacante Nikão pediu respeito, mas acredita que [?]

21:45 | 19/04/2018

O Atlético Paranaense confirmou sua vantagem construída no jogo de ida da Copa do Brasil e , com um empate diante do São Paulo, em pleno Morumbi, cravou sua classificação para as oitavas de final. Incomodado com o tratamento dado ao Furacão por parte da imprensa paulista, o atacante Nikão pediu respeito, mas acredita que a resposta aconteceu mesmo em campo.

?Camisa não ganha jogo. São Paulo tem história, mas tem que respeitar quem está aqui do outro lado. E estamos classificados. Jogo difícil, uma equipe bem montada. Mas, estamos de parabéns. Saímos atrás e conseguimos o empate?, disse o jogador, que já virou a chave para o Campeonato Brasileiro. ?Agora é descansar que domingo tem outra pedreira contra o Grêmio?, emendou.

Para o lateral Carleto, o mérito do time está e não mudar seu padrão, seguindo exatamente o que é treinado durante a semana. ?Exaltar a equipe, que está de parabéns. Tomamos dois gols, continuamos jogando. No segundo tempo acertamos algumas coisas, talvez um pouco mais de coragem. Do jeito que nós jogamos tem que ter coragem. Uma jogada treinada no gol do Rosseto, tudo treinado, nada é por acaso?, avaliou.

Experiente, o zagueiro Paulo André admite que o primeiro tempo não foi bom, mas destaca a força da equipe para reagir sem se desesperar, mostrando que pode mais dentro da competição. ?Uma noite feliz, pelo que a gente conseguiu fazer, recuperar um placar adverso, jogando mal. Controlamos os nervos, controlamos a equipe. O pênalti ajudou e no segundo tempo conseguimos controlar melhor. Feliz pela classificação e vamos para as oitavas com a cabeça erguida para avançar na competição?, concluiu.

Gazeta Esportiva

TAGS