PUBLICIDADE
Futebol


Japão demite técnico a dois meses da Copa do Mundo

Em comunicado oficial nesta segunda-feira, a Federação Japonesa de Futebol anunciou a demissão de seu técnico, Vahid Halilhodzic, a dois meses da Copa do Mundo. Em seu lugar, assume Akira Nishino, diretor técnico desde 2016. Sem comentar o motivo da saída de Halilhodzic, Kozo Tashima, presidente da Federação, comentou que a escolha por Nishino se deu por [?]

10:30 | 09/04/2018

Em comunicado oficial nesta segunda-feira, a Federação Japonesa de Futebol anunciou a demissão de seu técnico, Vahid Halilhodzic, a dois meses da Copa do Mundo. Em seu lugar, assume Akira Nishino, diretor técnico desde 2016.

Sem comentar o motivo da saída de Halilhodzic, Kozo Tashima, presidente da Federação, comentou que a escolha por Nishino se deu por conta de sua familiaridade com a seleção japonesa. ?Ele é a pessoa mais adequada para assumir a seleção. Já que estamos a pouco mais de dois meses para o Mundial?, relatou.

Halilhodzic foi técnico do Japão de março de 2015 a abril de 2018. Com vitória em sua estreia, foram 38 partidas, com 21 vitórias, nove empates e oito derrotas. A derrota para Ucrânia e empate com o Mali, nos amistosos preparatórios para a Copa em março deste ano, culminaram na demissão do técnico, que ainda tem fama de possuir problemas com jogadores nos vestiários.

O Japão faz parte do grupo H da Copa do Mundo, junto de Colômbia, Polônia e Senegal. A equipe, agora comandada por Akira Nishino, estreia na competição em 19 de junho, contra os sul-americanos.

 

Gazeta Esportiva

TAGS