PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Diniz minimiza finalizações do Bahia e vê empate justo do Furacão

O Atlético Paranaense segue invicto no Campeonato Brasileiro mas, com seu segundo empate sem gols jogando fora de casa, desta vez diante do Bahia, mostrou alguma dificuldade como visitante, especialmente no setor de criação. O técnico Fernando Diniz acredita que o jogo foi equilibrado, com o Furacão errando muitos passes e proporcionando o contra-ataque aos [?]

20:30 | 29/04/2018

O Atlético Paranaense segue invicto no Campeonato Brasileiro mas, com seu segundo empate sem gols jogando fora de casa, desta vez diante do Bahia, mostrou alguma dificuldade como visitante, especialmente no setor de criação. O técnico Fernando Diniz acredita que o jogo foi equilibrado, com o Furacão errando muitos passes e proporcionando o contra-ataque aos donos da casa.

?Erramos alguns passe, que não é nossa rotina. No segundo tivemos momentos bons, podia ter feito o gol. Foi um jogo bastante aberto?, avaliou o treinador, que minimizou a maior quantidade de finalizações do adversário. ?O Bahia tem um tipo de característica de terminar logo com a jogada. Não teve muita construção no Bahia, é uma característica do time deles e nós favorecíamos isso quando errávamos passes?, acrescentou.

O comandante rubro-negro admite, no entanto, que não foi a melhor das apresentações da equipe, que precisa vencer também como visitante. ?A gente podia ter jogado melhor. Embora o Bahia tenha um número melhor de finalização, nós propomos o jogo o tempo todo. Acho que o resultado foi o mais justo. Mas a gente sempre quer vencer. Não adianta almejar coisa melhor no campeonato sem melhorar o desempenho fora de casa?, disse.

Diniz destacou ao parabenizar o time a importância de sempre pontuar, e garante estar consciente daquilo que o grupo ainda precisa melhorar. ?Em um campeonato de pontos corridos, quando não dá para ganhar, a gente empata. Mas faltou ser mais incisivo. Temos coisas a melhorar, sempre tem. Mas, de maneira geral a equipe está de parabéns?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS