PUBLICIDADE
Futebol

Avaliado de perto por Tite, Rodrigo Caio some em eliminação do São Paulo

Tite foi ao estádio do Morumbi na noite dessa quinta-feira não para assistir São Paulo e Atlético-PR, e sim para observar Rodrigo Caio de perto. O técnico da Seleção Brasileira está em fase final de formulação da sua lista de convocados para a Copa do Mundo e decidiu, junto a sua comissão técnica, acompanhar de [?]

22:30 | 19/04/2018

Tite foi ao estádio do Morumbi na noite dessa quinta-feira não para assistir São Paulo e Atlético-PR, e sim para observar Rodrigo Caio de perto. O técnico da Seleção Brasileira está em fase final de formulação da sua lista de convocados para a Copa do Mundo e decidiu, junto a sua comissão técnica, acompanhar de perto 22 jogos até o anúncio programado para o dia 14 de maio.

E se for se basear pelas últimas atuações do zagueiro são-paulino, Tite deve optar por ter outro jogador em seu grupo, na Rússia. Nessa quinta, Rodrigo Caio praticamente sumiu no confronto que acabou empate em 2 a 2 e culminou com a eliminação tricolor na Copa do Brasil diante de seus torcedores.

Rodrigo Caio jogou centralizado, entre Arboleda e Militão, na linha de três zagueiros montada por Diego Aguirre. Quase sempre jogando na sobra, o camisa 3 não conseguiu nenhum desarme, fez apenas uma falta nos quase 100 minutos de jogo e finalizou uma vez ao gol, em uma cabeçada que saiu fraca depois de cobrança de escanteio. Foram dois passes errados de 43 tentados, mas majoritariamente passes curtos, laterais.

Para diminuir ainda mais as chances de uma nova convocação, Rodrigo Caio não atravessa uma boa fase. Contra o Rosario Central, o jogador foi expulso ainda no primeiro tempo depois de acertar uma cotovelada no adversário. No primeiro duelo contra o Furacão pela quarta fase da Copa do Brasil, foi do zagueiro a falha que originou o primeiro gol da vitória atleticana por 2 a 1 em Curitiba.

Esses são dois exemplos recentes explicam também o motivo pelo qual de parte da torcida do São Paulo vem se manifestando nas últimas semanas contra a titularidade de Rodrigo Caio no time. Não são poucos os pedidos para que Bruno Alves ganhe a vaga do postulante a uma vaga na Copa do Mundo.

Agora, apesar do pouco tempo que lhe resta, Rodrigo Caio precisa dar uma resposta imediata em campo e buscar a volta por cima com boas atuações para manter a sua esperança viva. Tite dificilmente deve ter aprovado o que viu nessa quinta no Morumbi, noite em que o sempre solicito zagueiro resolveu passar reto pelos jornalistas na saída do vestiário para o ônibus que levou a delegação são-paulina embora.

 

Gazeta Esportiva

TAGS