Participamos do

Aguirre minimiza erros do São Paulo e confia em virada no Morumbi

O técnico Diego Aguirre, do São Paulo, minimizou as falhas da defesa na derrota por 2 a 1 para o Atlético-PR, durante a noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada, pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil. O treinador uruguaio, contudo, manifestou otimismo e disse crer na classificação do Tricolor às [?]
01:15 | Abr. 05, 2018
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O técnico Diego Aguirre, do São Paulo, minimizou as falhas da defesa na derrota por 2 a 1 para o Atlético-PR, durante a noite desta quarta-feira, na Arena da Baixada, pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil. O treinador uruguaio, contudo, manifestou otimismo e disse crer na classificação do Tricolor às oitavas de final do torneio.

O primeiro gol do Furacão ocorreu após uma falha de Rodrigo Caio, que perdeu dividida pelo alto e viu Pablo invadir a área para abrir o placar. O segundo tento surgiu de uma cobrança de escanteio que a zaga são-paulina não afastou. Na sequência, Paulo André aproveitou para ampliar a vantagem rubro-negra.

?São coisas que podem acontecer, teremos que tentar superar esse momento e melhorar. Uma derrota que não esperávamos, mas também vi que o time controlou no final. Estamos no caminho de melhorar o time e vamos ver o que acontece nos jogos decisivos que temos pela frente?, projetou Aguirre, em entrevista coletiva após a partida.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

?Não podemos ter desculpa nenhuma. São coisas que aconteceram. Temos de assumir nossos erros e melhorar. Tivemos erros como time e individuais. Cada jogador tem de melhorar seu nível, e nós temos que fazer o time melhorar?, acrescentou.

Como não há o critério do gol fora de casa nesta edição do torneio nacional, o São Paulo precisará vencer o jogo de volta por dois gols de diferença para avançar de forma direta às oitavas de final. A decisão está marcada para o dia 19, às 19h15 (de Brasília), no Morumbi.

?Teremos que mentalizar para conseguir os objetivos que sinto que são muito possíveis. Temos de transmitir calma, trabalhar em silêncio. Sabemos que teremos jogos decisivos, vamos ver o que acontece, mas sinto que podemos avançar e a reverter essa derrota em casa?, avaliou, confiante.

Na coletiva de imprensa, Aguirre ainda explicou por que iniciou com Cueva entre os reservas. O peruano só foi acionado no segundo tempo, quando o São Paulo melhorou, diminuiu a desvantagem com Tréllez e por pouco não empatou com Nenê.

?São alternativas que nós temos e optamos por deixá-lo para o segundo tempo, como opção de troca. Soa opções, temos diferentes possibilidades com Nenê, Tréllez. Neste jogo decidimos que o melhor era que o Cueva não jogasse. Mas logicamente é um grande jogador?, elucidou.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags