Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

A uma semana de clássico, Porto vence e segue na cola do Benfica

A uma semana do grande clássico contra o Benfica, o Porto recebeu o Desportivo das Aves neste domingo pela 29ª rodada do Campeonato Português e venceu por 2 a 0, com gols de Alex Telles e do brasileiro Otávio, no estádio do Dragão, ainda no primeiro tempo. Com a vitória, os comandados de Sergio Conceição [?]
16:15 | Abr. 08, 2018
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A uma semana do grande clássico contra o Benfica, o Porto recebeu o Desportivo das Aves neste domingo pela 29ª rodada do Campeonato Português e venceu por 2 a 0, com gols de Alex Telles e do brasileiro Otávio, no estádio do Dragão, ainda no primeiro tempo. Com a vitória, os comandados de Sergio Conceição continuam na cola do rival, que venceu o Vitória de Setúbal, no sábado, por 2 a 1.

Melhor durante toda a partida, o Dragão foi bastante ofensivo e não deu chances claras para o Aves reagir, fazendo dois gols em três minutos. A torcida foi em peso, quase 40 mil, e fez uma homenagem ao volante Danilo, que se lesionou gravemente durante a semana e não jogará a Copa do Mundo, em junho.

Na próxima rodada, Porto e Benfica se enfrentam n?O Clássico pela 30ª rodada do Português e acirram ainda mais a disputa pelo título. Já o Aves, 15º colocado, recebe o Feirense, em 17º, em uma luta contra os últimos lugares da tabela.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O jogo. Os jogadores mal tiveram tempo para correr em campo quando, aos sete minutos, Ricardo, do Porto, sofreu pênalti de Tissone. Alex Telles cobrou e colocou os donos da casa em vantagem. O tento deu fôlego à equipe, que ampliou apenas três minutos depois, com o brasileiro Otávio, após falha da defesa. 11 minutos, 2 a 0 Porto.

O Dragão continuou bastante ofensivo. Aos 17 minutos, Aboubakar invadiu a área, mas foi travado por Ponck no momento certo. A resposta dos avenses veio instantes depois, em contra-ataque de três contra um, mas Amilton perdeu a bola, e também a oportunidade de diminuir a diferença do placar.

Com 30 minutos de jogo, o Porto já havia levado perigo para o gol de Adriano em pelo menos 12 oportunidades, enquanto o Aves não conseguiu chegar nenhuma vez. Perto do fim da primeira etapa, Aboubakar seguiu pela direita e passou para Brahimi, que chutou na trave.

Na volta para a segunda etapa, o cenário não foi muito diferente, inclusive nas equipes, que não sofreram modificações. Aboubakar seguiu tentando marcar o seu, mas parou em Adriano. Depois, foi substituído por Hernâni. O Porto continuou tentando ampliar o placar, mas não saiu tanto para o ataque, mantendo mais a posse de bola. Já no final da partida, Adriano fez bela defesa em chute de Alex Telles.

No segundo tempo, saíram, ainda, Falcão, Pedrinho, Otávio, Braga e Soares para a entrada de Farinha, Elhouni, Óliver, Derley e Gonçalo Paciência. Os cartões amarelos foram aplicados a Rodrigo e Braga.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags