PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Porto vence Sporting e se isola ainda mais na liderança do Português

O Porto está cada vez mais próximo do título português. Nesta sexta-feira, os líderes do campeonato receberam o Sporting, no estádio do Dragão, e não decepcionaram seus torcedores, que lotaram as arquibancadas. Após empate em 1 a 1 no primeiro tempo, embora o time azul e branco tenha criado mais, os donos da casa voltaram [?]

19:30 | 02/03/2018

O Porto está cada vez mais próximo do título português. Nesta sexta-feira, os líderes do campeonato receberam o Sporting, no estádio do Dragão, e não decepcionaram seus torcedores, que lotaram as arquibancadas. Após empate em 1 a 1 no primeiro tempo, embora o time azul e branco tenha criado mais, os donos da casa voltaram mais ligados para a etapa complementar e conseguiram sair de campo com a vitória no clássico por 2 a 1. Marcano e Brahimi anotaram os gols do Porto. Rafael Leão descontou para o Sporting.

Com o resultado, o Porto abriu oito pontos de vantagem na liderança do Campeonato Português e complicou ainda mais a vida dos rivais, que ainda tinham uma pequena esperança de reverter o panorama atual restando dez rodadas para o fim da competição. A distância do Dragão para seus outros concorrentes, no entanto, pode voltar a cinco pontos neste sábado, caso o Benfica vença o Marítimo.

Agora, o Porto volta o foco para o duelo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, contra o Liverpool, em Anfield, na próxima terça-feira. Após perder o jogo de ida no estádio do Dragão por 5 a 0, o time comandado por Sérgio Conceição irá a Inglaterra para tentar o que seria um milagre: reverter a goleada humilhante sofrida diante de seus torcedores para ir às quartas.

O Sporting, por sua vez, buscará se redimir com seus torcedores na próxima quinta-feira, quando também entra em ação por um torneio continental. O Leão recebe o Viktoria Pilsen, da República Tcheca, pela ida das oitavas de final da Liga Europa, no estádio José Alvalade, em Lisboa.

O jogo

Sendo recepcionados em campo por uma linda festa na arquibancada, os jogadores do Porto se motivaram ainda mais para conquistarem mais três pontos nesta sexta-feira. Logo aos 13 minutos, após cobrança de escanteio, Marega cabeceou no segundo pau, carimbou a trave e ainda viu o zagueiro rival salvar em cima da linha logo em seguida, evitando o gol dos anfitriões. Depois, aos 26, o atacante voltou a desperdiçar uma oportunidade, desta vez recebendo em velocidade de Paciência, invadindo a área e batendo cruzado na saída do goleiro, mandando a centímetros da trave direita de Rui Patrício.

Em busca de uma maior presença no campo de ataque, o Sporting até mostrou certa melhora depois dos primeiros 15 minutos de jogo, porém, tudo o que conseguiu foi um lance duvidoso protagonizado por Doumbia, que pediu pênalti ao cair dentro da área. O juiz da partida optou por contar com o auxílio do árbitro de vídeo, no entanto, após rever as imagens, resolveu manter a sua decisão de seguir com o jogo.

O fato parece ter desanimado o Sporting, que acabou dando mais espaços ao Porto. Os donos da casa, por sua vez, aproveitaram para, aos 29 minutos, enfim, estufar as redes. Herrera recebeu na direita, chegou na linha de fundo e cruzou na medida para Marcano, que subiu mais alto que a defesa rival para cabecear firme e vencer o goleiro Rui Patrício. Daí em diante, o time de Alvalade tentou ensaiar uma reação e pouco antes de ir para o intervalo chegou ao empate, aos 45 minutos, quando Rafael Leão, que substituiu Doumbia, lesionado, recebeu bom passe de Bryan Ruiz e bateu por baixo das pernas de Casillas.

Segundo tempo

Evitando cometer os mesmos erros do final do primeiro tempo, o Porto voltou ligado para a etapa complementar e não demorou muito para se restabelecer à frente no placar. Aos cinco minutos, Paciência levou pela direita, pedalou na frente do zagueiro e cruzou rasteiro para a área. A bola cruzou a defesa do Sporting e foi parar no pé de Brahimi, que apareceu no segundo pau, dominou e bateu forte, no alto, para estufas as redes no estádio do Dragão.

Aos 15, o jogo teve de ser paralisado por conta de uma confusão generalizada. Tudo começou quando o Sporting ganhou lateral, Coentrão foi buscar a bola fora do gramado, porém, um dos responsáveis pela maca que transporta jogadores contundidos se desentendeu com o lateral-esquerdo alviverde, o que gerou reações de ambos os lados. Quatro minutos depois os visitantes mostraram que já haviam esquecido o ocorrido com Bryan Ruiz, que subiu no primeiro pau e cabeceou tirando tinta da trave esquerda de Casillas.

Já na reta final do confronto, o Porto ainda quase ampliou, aos 35 minutos, quando Marega recebeu bom lançamento, chegou antes de Rui Patrício na bola, encobriu o goleiro, porém, Battaglia apareceu no meio do caminho para tirar o perigo e frustrar os planos dos donos da casa, que acabaram saindo de campo com o triunfo por 2 a 1 e abrindo oito pontos na liderança do Campeonato Português ? o Benfica joga neste sábado, contra o Marítimo, e pode voltar a ficar a apenas cinco pontos dos rivais.

 

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS