PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Mourinho se defende de críticas: ?Não tenho medo das responsabilidades?

Os dias de José Mourinho no Manchester United não vêm sendo dos mais tranquilos. Após a eliminação na Liga dos Campeões diante do Sevilla, o técnico português foi ? e segue sendo ? muito criticado e inclusive questionado no comando dos Red Devils, e ele se defendeu. ?Não vou fugir, desaparecer nem chorar porque ouvi algumas [?]

17:15 | 16/03/2018

Os dias de José Mourinho no Manchester United não vêm sendo dos mais tranquilos. Após a eliminação na Liga dos Campeões diante do Sevilla, o técnico português foi ? e segue sendo ? muito criticado e inclusive questionado no comando dos Red Devils, e ele se defendeu.

?Não vou fugir, desaparecer nem chorar porque ouvi algumas vaias. Não vou sair correndo pelo túnel. No próximo jogo, serei o primeiro a sair. Não tenho medos das minhas responsabilidades?, declarou Mourinho, que ainda usou o trabalho no Real Madrid como argumento para mostrar seu sucesso. ?Quando cheguei em Madrid, só o Xabi Alonso, Iker Casillas e Cristiano Ronaldo haviam disputado quartas de final da Liga dos Campeões. Esse é o legado?.

O treinador segui com o discurso de caráter defensivo e comparou seu trabalho com o de seu rival, Manchester City, nas últimas temporadas: ?Nos últimos sete anos, a pior posição do Manchester City no Campeonato Inglês foi a quarta. Nos últimos sete anos, eles foram campeões e vice-campeões duas vezes (cada). Isso é legado. Sabe o que também é legado? É Nicolas Otamendi, Kevin De Bruyne, Fernandinho, David Silva, Raheem Sterling, Sergio Agüero? são jogadores do passado, não dos últimos dois anos. Sabe quantos jogadores do United deixaram o clube na temporada passada? Vejam onde, como e se jogam. Isso é herança futebolística?, disparou.

Mourinho ainda fez questão de recordar os resultados do United na Europa nos últimos tempos. Em 2011, foi a última vez que o time chegou à final da Liga dos Campeões. Em 2012, foi eliminado na fase de grupos. No ano seguinte, caiu novamente nas quartas de final diante do próprio Real Madrid do técnico português. Em 2014, eliminado novamente nas quartas. Em 2015, não jogou o principal torneio da Europa, o qual não passou da fase de grupos em 2016 e em 2017 ganhou a Liga Europa.

?Um dia, quando eu for embora, o próximo técnico do United vai encontrar aqui Romelu Lukaku, Nemanja Matic e, claro, David De Gea por muitos anos. Encontrará jogadores com uma mentalidade diferente, com um ?status? diferente?, completou.

O próximo jogo do United acontece neste sábado pela Copa da Inglaterra, quando recebe Old Trafford a equipe do Brighton, em partida válida pelas quartas de final da competição.

Gazeta Esportiva

TAGS