PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Inglaterra bate Holanda em amistoso e quebra tabu de mais de 20 anos

Há mais de 20 anos, a Inglaterra não vencia a Holanda, até esta sexta-feria. A equipe britânica foi a Amsterdã para disputar o amistoso preparatório para a Copa do Mundo e venceu na Yohan Cruyff Arena por 1 a 0, com gol de Jesse Lingard. os holandeses não sabiam o que era perder para a Euro [?]

18:45 | 23/03/2018

Há mais de 20 anos, a Inglaterra não vencia a Holanda, até esta sexta-feria. A equipe britânica foi a Amsterdã para disputar o amistoso preparatório para a Copa do Mundo e venceu na Yohan Cruyff Arena por 1 a 0, com gol de Jesse Lingard. os holandeses não sabiam o que era perder para a Euro Copa de 1996, quando a anfitriã Inglaterra goleou por 4 a 1.

O primeiro tempo foi bastante fraco tecnicamente. Nenhum dos dois times conseguiu de fato levar perigo e os goleiros quase não tiveram trabalho. No geral, a Inglaterra foi melhor, especialmente na defesa. Na segunda etapa, a Holanda mudou de comportamento e voltou do intervalo mais ofensiva, porém não conseguiu marcar o gol, o que fez a equipe visitante, decretando o triunfo.

Na próxima segunda-feira, a Holanda volta a campo para desafiar Cristiano Ronaldo e a seleção de Portugal. A Inglaterra, por sua vez, no dia seguinte, recebe a Itália no estádio Wembley.

O JOGO ? A Inglaterra começou bem postada defensivamente, sem dar espaços para os holandeses e mandando o time para o ataque. Aos sete minutos os ingleses chegaram à primeira finalização do jogo, após Chamberlain encher o pé na entrada da área e o goleiro Zoet segurar no centro do gol.

Aos 11, Sterling lançou Rashford, mas o passe saiu forte e ficou mais para Zoet. Porém,  o goleiro escorregou e quase entrega o gol de bandeja. A Inglaterra dominava o jogo, especialmente pela esquerda, onde a Holanda dava espaços. Se no ataque ia bem, pressionando, na defesa ia melhor ainda, sem sequer levar susto até os 20 primeiros minutos.

Com 21 jogados, os anfitriões finalmente chegaram a ataque com Ligt, que levou pelo meio e finalizou de muito longe, sem dar muito trabalho para o goleiro Pickford. Aos 25, mais uma chance para os holandeses. Aanholt cruzou da direita, a bola passou por Dost e ficou com Promes, que errou o domínio e deixou a bola com o arqueiro.

Neste momento, o jogo ficou mais parelho entre as duas equipes, com chances para ambos os lados. Na bola parada, o capitão inglês Henderson apareceu completamente livre na área desviou de cabeça para trás. A bola raspou a trave holandesa.

Cinco minutos depois, mais uma chance inglesa com Sterling, que recebeu lançamento para sair sozinho na cara do gol, mas o goleiro holandês chegou de carrinho, impedindo a finalização. Com 37 jogados, quase uma lambança dos visitantes. A defesa recuou a bola para Pickford, que, com muito sangue frio, dominou quase em cima da linha, sendo pressionado pelos atacantes da Holanda.

Dez minutos depois, já nos acréscimos, a Holanda teve uma boa chance de abrir o placar, após vacilo da zaga inglesa. Depay roubou a bola e chutou para defesa de Pickford no meio do gol, levando o empate para o intervalo.

O segundo tempo começou com pressão da Holanda. Aos quatro minutos, Depay foi à linha de fundo e cruzou, De Vrij finalizou duas vezes para estufar a rede, mas o juiz já tinha marcado saída de bola no início da jogada. Dois minutos depois, veio a resposta inglesa. Rashford foi lançado, tirou do goleiro com um tapa e caiu após ser calçado pelo zagueiro. O árbitro ignorou o lance e deu apenas tiro de meta.

Com 13 jogados, o placar foi aberto na Johan Cruijff Arena. Lingard fez bela abertura para Rose, que cruzou rasteiro na área. A zaga da Holanda cortou mal, e a bola voltou para o próprio atacante pegar de primeira na meia-lua e acertar o canto da meta de Zoet: 1 a 0 Inglaterra.

Com o gol, a Holanda botou pressão no jogo. Três minutos depois, Depay e Promes chegaram com perigo e finalizaram da entrada da área, mas a bola explodiu na defesa inglesa. No minuto seguinte, a Holanda chegou de novo, e Bas Dost, sozinho na área, tentou dar de letra após chute cruzado, mas não deu certo.

Com a vantagem no placar, a Inglaterra não tinha pressa, e apenas trocava passes, enquanto a Holanda não conseguia penetrar na fechada defesa inglesa.

Aos 37, a Holanda teve ótima falta para cobrar na entrada da área, mas Pickford defendeu a cobrança de Depay, que saiu sem muita força. Os ingleses responderam no minuto seguinte, após Young soltar uma bomba de fora da área e obrigar Zoet a fazer grande defesa.

Gazeta Esportiva

TAGS