PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Goleiro Alisson valoriza triunfo sobre a Rússia em estreia como capitão

Com o goleiro Alisson como capitão, a Seleção Brasileira ganhou da Rússia por 3 a 0 na tarde desta sexta-feira, no Estádio Luzhniki. Após estrear com a tarja pela equipe nacional, o jogador da Roma tratou de valorizar o resultado alcançado diante do país-sede da Copa do Mundo. Depois de um primeiro tempo com escassas [?]

15:30 | 23/03/2018

Com o goleiro Alisson como capitão, a Seleção Brasileira ganhou da Rússia por 3 a 0 na tarde desta sexta-feira, no Estádio Luzhniki. Após estrear com a tarja pela equipe nacional, o jogador da Roma tratou de valorizar o resultado alcançado diante do país-sede da Copa do Mundo.

Depois de um primeiro tempo com escassas chances de gol, a Seleção deslanchou na etapa final e conseguiu furar o bloqueio russo. O zagueiro Miranda abriu o placar, Philippe Coutinho aumentou em cobrança de pênalti e o volante Paulinho usou a cabeça para fechar o marcador.

?Foi um jogo positivo para a gente, uma partida difícil. Para a nossa preparação, é muito importante ter adversários assim. É o que vamos enfrentar na Copa. Está todo mundo de parabéns. Todo mundo correu, se esforçou, se dedicou e conseguimos fazer uma boa partida, com um bom resultado?, afirmou Alisson em entrevista à TV Globo.

No segundo tempo, o goleiro contou com ajuda de sua zaga para manter o placar intacto. ?Aquela bola, o Thiago salvou em cima da linha e depois o Miranda. É isso aí, o espírito da equipe é esse: pensamento de vencer, de jogar bem e sem sofrer gols, que é nosso objetivo sempre?, explicou.

O goleiro preparado pelo tetracampeão Taffarel na Seleção Brasileira recebeu alguns recuos e usou os pés sem maiores dificuldades no amistoso diante dos russos. Alisson tem evoluído no quesito e destacou que atua assim com a camisa da Roma, quadrifinalista da Copa dos Campeões.

?Tenho trabalhado bastante e o melhor trabalho é a prática. Na minha equipe, jogo assim também. Ali atrás, tem que errar o mínimo possível, a margem de erro é quase zero, principalmente com o goleiro. Temos uma equipe muito qualificada e temos que jogar assim, mesmo?, declarou.

 

Gazeta Esportiva

TAGS