PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

CR7 decide nos acréscimos e Portugal bate Egito de virada

Jogando em zona neutra, em Zurich, na Suíça, Portugal e Egito se enfrentaram nesta sexta-feira em partida amistosa e os europeus levaram a melhor. Com dois gols de Cristiano Ronaldo nos acréscimos, Portugal venceu de virada pelo placar de 2 a 1. No duelo de craques, três gols no total: dois do gajo e um [?]

19:15 | 23/03/2018

Jogando em zona neutra, em Zurich, na Suíça, Portugal e Egito se enfrentaram nesta sexta-feira em partida amistosa e os europeus levaram a melhor. Com dois gols de Cristiano Ronaldo nos acréscimos, Portugal venceu de virada pelo placar de 2 a 1. No duelo de craques, três gols no total: dois do gajo e um de Mohamed Salah.

Portugal volta a campo na próxima segunda-feria, quando enfrenta no estádio de Genebra, também na Suíça, a seleção da Holanda. Um dia depois, é a vez do Egito jogar e vai encarar a equipe da Grécia.

O JOGO ? Portugal começou a partida com a marcação alta, indo para cima de seus adversários e o craque Cristiano Ronaldo teve duas chances logo nos dois primeiros minutos. O Egito tentava achar espaços, especialmente com Salah, mas não obteve êxito.

Aos oito minutos, a primeira chegada dos egípcios. Elneny achou Trezeguet no segundo poste, que cruzou atrasado para El Said, obrigando Beto a fazer uma bela defesa.

O jogo era lá e cá, sem muitas oportunidades efetivas de gol. Aos 20 minutos, uma bela jogada coletiva de Portugal. Toque de calcanhar de Ronaldo para Raphael Guerreiro, que cruzou para Bernardo Silva, mas não conseguiu finalizar.

CR7 chamava a responsabilidade para si e tentava jogadas em profundidade para assistir seus companheiros, mas sem sucesso.

Com 25 jogados, El Shenawy agarrou a bola com a mão depois de seu companheiro atrasar com o pé, resultando em tiro livre indireto muito perigoso a favor dos portugueses. João Moutinho tocou ligeiramente para o lado para Cristiano Ronaldo finalizar com muita força em direção à baliza. Mas Said tirou quase em cima da linha, impedindo que o craque abrisse o placar do duelo.

Com 41, quase o primeiro gol do confronto. Rolando mandou a bola para dentro da meta adversária após cruzamento da direita, mas o lance foi anulado por impedimento, com auxílio do árbitro de vídeo, levando o empate para o intervalo.

Logo no início da segunda etapa, aos 11 minutos, o Egito conseguiu sair na frente no marcador. Said recebeu a bola na esquerda e assistiu Salah, que de pé esquerdo e de primeira, mandou para o fundo das redes, sem chances de defesa para Beto: 1 a 0.

Dez minutos depois, quase Raphael Guerreiro empatou. O lateral ensaiou o chute, mas a bola saiu pelo lado, arrancando tinta da trave de El Shenawy. O jogo seguiu equilibrado, sem chances de perigo para nenhum dos lados.

Com 35 minutos, a equipe de Portugal já estava bastante mudada com as substituições do técnico Fernando Santos. Os portugueses ainda tentavam o gol do empate, mas sem êxito. Nos acréscimos, aos 48 minutos do segundo tempo, o craque apareceu. Ricardo Quaresma cruzou da esquerda e Cristiano Ronaldo, no meio da área, cabeceou para o fundo da rede. El Shenawy ainda tocou na bola, mas não evitou o gol de empate.

No minutos seguinte veio a virada e saiu dos pés dele, o capitão CR7. Em cobrança de bola parada, Cristiano Ronaldo sobiu mais alto que a defesa egípcia e cabeceou para o fundo da meta. O árbitro ainda marcou uma infração do melhor do mundo, mas o árbitro de vídeo reverteu a decisão e deu a Portugal o gol da vitória.

Gazeta Esportiva

TAGS