PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Coxa empata com o Goiás em casa e está fora da Copa do Brasil

O Coritiba não conseguiu reverter a vantagem do Goiás e, com um empate em 1 a 1, no Couto Pereira, onde ganhou apenas um jogo na temporada toda, foi eliminado da Copa do Brasil 2018. No jogo de ida, vitória esmeraldina por 1 a 0, no Serra Dourada. O próximo adversário, já na quarta fase [?]

21:30 | 14/03/2018

O Coritiba não conseguiu reverter a vantagem do Goiás e, com um empate em 1 a 1, no Couto Pereira, onde ganhou apenas um jogo na temporada toda, foi eliminado da Copa do Brasil 2018. No jogo de ida, vitória esmeraldina por 1 a 0, no Serra Dourada. O próximo adversário, já na quarta fase da competição, será definido por sorteio.

Com um belo chute no ângulo depois de fazer fila na defesa, aos 29 minutos da primeira etapa, Carlos Eduardo abriu o placar para o time goiano. No segundo tempo, o goleiro Wilson, de pênalti, aos quatro minutos, deixou tudo igual, mas não foi o suficiente para evitar a queda trágica para as finanças do clube.

O jogo ? Depois de uma tarde de forte chuva na capital paranaense, o gramado do Alto da Glória ficou muito pesado, ainda que a drenagem tenha funcionado relativamente bem. Aos três minutos, aproveitando toque errado na saída de jogo esmeraldina, Guilherme Parede partiu em velocidade, tocou na saída de Marcelo Rangel, mas pela linha de fundo. Aos cinco minutos, polêmica após um toque de mão dentro da área coxa-branca que o árbitro não marcou.

Giovanni avançou com liberdade e, vendo espaço, arrematou de longe, aos 10 minutos, para grande defesa de Wilson. Na resposta, aos 14 minutos, Guilherme Parede antecipou-se à zaga goiana para testar para baixo, à esquerda da meta. A partida era equilibrada, com os dois times buscando o jogo. Lucão emendou de primeira, aos 23 minutos, mas o chute saiu mascado, facilitando a defesa de Wilson.

A bola parava em alguns pontos do gramado, dando uma dinâmica diferente à movimentação das equipes. Em vantagem, o Goiás tentava manter a posse, deixando o tempo passar. Até que, aos 29 minutos, Carlos Eduardo pegou sobra na entrada da área e soltou o pé para acertar o ângulo, estufar a rede e abrir o placar. Aos 32 minutos, Romércio aproveitou escanteio para carimbar a trave e, no rebote, Marcelo Rangel operou um milagre para parar chute de Thalisson Kelven. O Coxa sentiu e era pressionado.

Depois do intervalo, animado por gritos de ?vergonha? e ?raça? do torcedor, o Coritiba voltou com Kléber Gladiador no lugar de Guilherme Parede. Logo no primeiro ataque, Thiago Lopes pegou sobra da zaga esmeraldina e bateu travado, para fora. Mas, aos dois minutos, o árbitro desta vez viu pênalti de Madison, que foi ao chão alegando ter recebido uma bolada no rosto. Na cobrança, o goleiro Wilson deixou tudo igual. O gol animou a equipe coxa-branca, que tentava ir para o ataque.

Lucão, dentro da área, aproveitou bola que sobrou nos pés dele para chutar e isolar a bola, desperdiçando uma chance incrível. Na sequência, no contra-ataque, aos 11 minutos, Carlos Eduardo tentou encobriu Wilson e mandou para fora. O Goiás ganhou espaço para jogar. Aos 17 minutos, Carlos Eduardo avançou para dentro da área alviverde e mandou uma bomba para Wilson salvar. Aos 20 minutos, Iago Dias recebeu em velocidade, tentou o toque na saída do goleiro, a bola desviou na defesa, no goleiro e acertou a trave.

O torcedor seguia impaciente, com o Coritiba sem conseguir criar boas chances. Aos 31 minutos, Alecsandro fez o pivô para Iago Dias, que chegou finalizando em cima da defesa goiana. Com a bola no pé, o Coritiba parecia não ter alternativas para criar as jogadas. Lucão recebeu no ataque, aos 41 minutos, dividiu com o último zagueiro, mas fez falta. O Goiás administrou sem levar sustos e segue na Copa do Brasil. Os times vão se reencontrar agora apenas na Série B do Campeonato Brasileiro.

CORITIBA-PR 1 X 1 GOIÁS-GO

Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Data: 14 de março de 2018,quarta-feira

Horário: 19h30 (de Brasília)

Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza (SP)

Assistentes: Herman Brumel Vani (SP) e Alberto Poletto Masseira (SP)

Cartões amarelos : Thalisson Kelven e Kady (Coritiba); Madison, Alex Silva, Jefferson, Maranhão, Carlos Eduardo e Brock (Goiás)

Cartão vermelho: Madison (Goiás)

Gols

CORITIBA: Wilson, aos 04 minutos do segundo tempo

GOIÁS: Carlos Eduardo, aos 29 minutos do primeiro tempo

CORITIBA: Wilson; Moser, Thalisson Kelven (Cesar Benítez), Romércio e Léo Andrade; João Paulo; Julio Rusch, Thiago Lopes (Kady) , Iago Dias e Guilherme Parede (Kléber); Alecsandro .

Técnico: Sandro Forner

GOIÁS Marcelo Rangel; Alex Silva, David Duarte, Eduardo Brock e Jefferson (Breno); Madison, Léo Sena e Giovanni; Carlos Eduardo, Lucão e Maranhão (Rafinha).

Técnico: Hélio dos Anjos

Gazeta Esportiva

TAGS