PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Com nova vitória sobre o Besiktas, Bayern confirma classificação às quartas

O Bayern de Munique voltou a ser superior ao Besiktas nesta quarta-feira, pelo jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, na Arena Vodafone, em Istambul, na Turquia. Depois de enfiar uma goleada de 5 a 0 na partida de ida, na Alemanha, os bávaros também venceram o segundo jogo, por 3 [?]

16:15 | 14/03/2018

O Bayern de Munique voltou a ser superior ao Besiktas nesta quarta-feira, pelo jogo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, na Arena Vodafone, em Istambul, na Turquia. Depois de enfiar uma goleada de 5 a 0 na partida de ida, na Alemanha, os bávaros também venceram o segundo jogo, por 3 a 1, e confirmaram a classificação para a próxima fase do torneio continental. Thiago Alcântara, Gonul (contra) e Wagner fizeram para os visitantes, enquanto Vágner Love descontou para o time da casa.

Os comandados de Jupp Heynckes agora aguardam para conhecer seu adversário nas quartas de final. A definição ocorrerá por meio de um sorteio realizado pela Uefa, nesta sexta-feira, dia 16, em Nyon, na Suíça. O evento está programado para ter início às 17h (no horário de Brasília).

O Jogo ? Bayern começou a partida pressionando o Besiktas. A primeira boa chance surgiu aos nove minutos. Em cobrança de falta pela direita, Alaba colocou por cima da barreira, mas o goleiro Zengin caiu no seu canto esquerdo e fez a defesa. No rebote, Muller apareceu em condições perfeitas para estufar a rede, mas acabou jogando por cima do gol.

Aos 15 minutos, Vidal fez ótima jogada na entrada da área, passou pelo marcador e serviu Ribéry. Livre, o francês invadiu a área, mas demorou um pouco para finalizar e foi travado em cima da hora pela defesa turca.

Aos 17, Muller recebeu pela direita, ajeitou e levantou na área. Completamente livre de marcação, Thiago Alcântara chegou escorando de primeira, no contrapé do goleiro, e abriu o placar para os visitantes. Com dores no tornozelo, o brasileiro naturalizado espanhol foi substituído aos 34, para a entrada de James Rodríguez.

O ritmo do jogo diminuiu após o gol do Bayern. O Besiktas até se lançou mais ao ataque, mas, diante da boa compactação defensiva dos alemães, encontrou dificuldades para se aproximar do gol defendido por Ulreich.

Os times mal voltaram do intervalo e os visitantes ampliaram a contagem. Logo no primeiro minuto da etapa final, Rafinha dominou pela direita, se aproximou da linha de fundo e cruzou para a área buscando Lewandowski, que entrava no segundo pau. Na tentativa de interceptar a assistência, o lateral Gonul acabou empurrando contra a própria meta.

Aos 13 minutos, o Bayern vacilou na saída de bola e a redonda acabou nos pés de Vágner Love, sozinho dentro da área. Vidal até chegou a derrubar o brasileiro com um carrinho, mas o atacante conseguiu finalizar a jogada e, com um toque rasteiro, colocou no canto esquerdo, diminuindo para os turcos.

Mesmo com o apoio de sua torcida, que fez uma bonita festa nas arquibancadas, o Besiktas não conseguiu chegar ao empate. E coube a Sandro Wagner, que entrou no lugar de Lewandowski, fazer o terceiro do Bayern. Aos 37, Alaba fez boa jogada pela esquerda, chegou ao fundo e cruzou para o camisa dois, que, com o peito, só encostou na bola.

Com 8 a 1 no agregado, a diferença de dois gols no placar obrigava a equipe da casa a fazer oito nos bávaros, que confirmaram a classificação às quartas de final da Liga dos Campeões.

FICHA TÉCNICA

BESIKTAS x BAYERN

Local: Arena Vodafone, Istambul ? Turquia

Data: 14 de março de 2018, quarta-feira

Horário: 14h (de Brasília)

Árbitro: Michael Oliver (ING)

Assistentes: Stuart Burt, Simon Bennett (ING)

GOLS: (BAYERN) Thiago Alcântara, aos 17 do 1T, Gonul (contra), ao 1 do 2T, e Wagner, aos 37 do 2T; (BESIKTAS) Vágner Love, aos 13 do 2T

Cartões Amarelos: (BAYERN) Rafinha, Boateng e Hummels; (BESIKTAS) Hutchinson

BESIKTAS: Zengin; Gonul, Medel, Uysal e Erkin; Özyakup, Arslan (Hutchinson), Lens (Talisca) e Quaresma; Vagner Love (Babel) e Pektemek

Técnico: Senol Gunes

BAYERN: Ulreich; Rafinha, Boateng, Hummels (Sule) e Alaba; Vidal, Javi Martínez, Thiago (James), Müller e Ribéry; Lewandowski (Wagner)

Técnico: Jupp Heynckes

Gazeta Esportiva

TAGS