PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Com dois estádios, Moscou receberá jogo da Seleção Brasileira na Copa

Capital da Rússia, Moscou contará com dois estádios que receberão jogos da Copa do Mundo: o Luzhniki, palco da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de 1980, e o Spartak Stadium, que ficou pronto em 2014 e pertence ao Spartak Moscou, um dos principais times do País. O Luzhniki é o mais importante estádio do [?]

09:15 | 22/03/2018

Capital da Rússia, Moscou contará com dois estádios que receberão jogos da Copa do Mundo: o Luzhniki, palco da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de 1980, e o Spartak Stadium, que ficou pronto em 2014 e pertence ao Spartak Moscou, um dos principais times do País.

O Luzhniki é o mais importante estádio do Mundial por receber a partida de abertura da Copa e a grande decisão do torneio, além de outros dois jogos da fase de grupos, um das oitavas de final e um da semifinal. Ele tem capacidade para 80 mil pessoas e foi originalmente construído na década de 1950, passando por uma reforma para o Mundial.

Já o Spartak Stadium teve suas obras iniciadas em 2010. Após quatro anos, o estádio ficou pronto e foi entregue ao Spartak Moscou, que até então tinha de enviar seus jogos no estádio do Dynamo Moscou ou então no estádio do Lokomotiv. Até a cidade de Ecaterimbugo chegou a receber partidas do ?time do povo?.

O Spartak Stadium tem capacidade para 45 mil pessoas e foi estreado no dia 5 de setembro de 2014, no empate em 1 a 1 entre o Spartak e o Estrela Vermelha, da Sérvia. O estádio também recebeu alguns jogos da Copa das Confederações, no ano passado. Na Copa do Mundo, quatro partidas da fase de grupos e uma das oitavas de final acontecerão por lá. A construção se destaca por se assemelhar ao estádio do Bayern de Munique. À noite, a estrutura é iluminada com as cores do time (branca e vermelha), mas quando a Rússia atua no local, o azul, vermelho e branco tomam conta.

A capital da Rússia consta no roteiro da Seleção Brasileira durante o Mundial. O time comandado pelo técnico Tite irá desembarcar em Moscou para enfrentar a Sérvia, em seu último jogo pelo Grupo E, no dia 27 de junho, no Spartak Stadium.

Moscou é uma das principais, senão a principal, cidade do Leste Europeu. Símbolo de um país que por anos esteve sob a ditadura socialista de Stalin, a cidade conta com construções imponentes do passado, como a Praça Vermelha, o Kremlin, uma espécie de fortaleza que serve de residência ao presidente Vladimir Putin, a Catedral de São Basílio e o Teatro Bolshoi, o ballet mais conceituado do planeta.

Apesar de manter as antigas construções intactas, Moscou também é considerada uma cidade global, moderna e aberta para o futuro. Arranha céus modernos, que servem de sede para grandes empresas, também podem ser vistos pela capital da Rússia, uma das mais populosas do mundo ? mais de 10 milhões de habitantes viviam por lá no censo realizado em 2010.

Gazeta Esportiva

TAGS