PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Com apenas 16 jogadores, Brasil realiza primeiro treino em Moscou

Nesta segunda-feira, aconteceu o primeiro treino da Seleção Brasileira antes dos dois últimos amistosos antes da Copa do Mundo,  diante da Rússia e da Alemanha. As atividades também foram importantes para que os jogadores presentes conseguissem o primeiro contato brasileiros com a Telstar, a bola oficial da Copa do Mundo. O treino desta segunda-feira teve 16 [?]

12:15 | 19/03/2018

Nesta segunda-feira, aconteceu o primeiro treino da Seleção Brasileira antes dos dois últimos amistosos antes da Copa do Mundo,  diante da Rússia e da Alemanha. As atividades também foram importantes para que os jogadores presentes conseguissem o primeiro contato brasileiros com a Telstar, a bola oficial da Copa do Mundo.

O treino desta segunda-feira teve 16 dos 25 atletas que Tite convocou para os dois amistosos. Entre eles, estavam: os goleiros Alisson (Roma), Neto (Valência)  e Ederson (Manchester City) , os zagueiros Miranda (Inter de Milão) e Rodrigo Caio (São Paulo) , o lateral-esquerdo Alex Sandro (Juventus), os volantes Fernandinho (Manchester City) e Fred (Shaktar Donetsk), os meias Renato Augusto (Beijin Guoan), Willian (Chelsea) e Talisca (Besiktas) e também os atacantes Douglas Costa (Juventus), Gabriel Jesus (Manchester City), Roberto Firmino (Liverpool), Willian José (Real Sociedad) e Taison (Shaktar Donetsk).

Além de não ter todos os jogadores convocados disponíveis, o técnico Tite teve que fazer um treino no campo com apenas nove atletas, já que alguns dos presentes ficaram na academia realizando um trabalho regenerativo. Com isso, o comandante teve que chamar garotos da base do Spartak Moscou para as atividades terem peças suficientes durante o treinamento.

O treino da Seleção Brasileira aconteceu ao lado do estádio do Spartak Moscou, onde a equipe jogará sua terceira e última partida da fase de grupos, diante da Sérvia. A estreia do Brasil na Copa do Mundo será no dia 17 de junho, às 15 horas, em Rostov, contra a Suíça.

A expectativa é de que o restante dos jogadores convocados cheguem até o fim do dia e com isso Tite possa realizar as atividades com o grupo completo, antes da partida desta sexta-feira, diante da Rússia.

Gazeta Esportiva

TAGS