PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Atlético goleia Lokomotiv e confirma classificação na Liga Europa

Depois de vencer por 3 a 0 na Espanha, na partida de ida das oitavas de final da Liga Europa, o Atlético de Madrid reafirmou sua superioridade sobre o Lokomotiv Moscow na Rússia e, ganhando por 5 a 1 nesta quinta-feira, confirmou a classificação para a próxima fase do torneio continental. Correa, Saul, Fernando Torres [?]

15:15 | 15/03/2018

Depois de vencer por 3 a 0 na Espanha, na partida de ida das oitavas de final da Liga Europa, o Atlético de Madrid reafirmou sua superioridade sobre o Lokomotiv Moscow na Rússia e, ganhando por 5 a 1 nesta quinta-feira, confirmou a classificação para a próxima fase do torneio continental. Correa, Saul, Fernando Torres (duas vezes) e Griezmann anotaram os gols do time visitante, enquanto Rybus diminuiu para os donos da casa.

O adversário dos colchoneros nas quartas de final da competição será definido por meio de um sorteio, cuja realização está prevista para ocorrer nesta sexta-feira, dia 16 de março, na sede da Uefa, em Nyon, na Suíça.

O Jogo ? Tal como no duelo de ida, o Atlético de Madrid teve amplo controle da partida na Rússia. A primeira oportunidade veio aos quatro minutos, em chute frontal de Fernando Torres. O atacante recebeu na entrada da área e soltou a bomba com o pé direito, obrigando o goleiro Kochenkov a espalmar para escanteio.

Aos 15, Correa carregou pela intermediária, tabelou com Koke, limpou a marcação ao invadir a área e bateu cruzado, rasteiro, no canto esquerdo. Kochenkov não alcançou e os espanhóis ampliaram a vantagem que já era confortável no placar agregado.

O Lokomotiv respondeu aos 18. Farfán recebeu na entrada da área e chutou firme com a perna direita. Mostrando reflexo, Werner se esticou e fez uma bela defesa. Porém, dois minutos depois, o goleiro do Atleti, desta vez, não conseguiu evitar o empate. Em novo chute de fora da área, Rybus foi o responsável por igualar o marcador, soltando a canhota, à meia altura, no canto direito.

Mesmo com o gol dos russos, a partida continuou sob o domínio espanhol. Juanfran quase fez o segundo aos 36. O lateral carregou pela direita, se aproximou do bico da área e experimentou, buscando o ângulo direito. Kochenkov voou de maneira estranha, mas conseguiu desviar a bola para escanteio.

Na volta do intervalo, o cenário foi o mesmo e não demorou muito para os colchoneros voltarem à liderança do placar. Aos dois minutos da etapa final, Filipe Luís foi à linha de fundo pela esquerda e tocou para trás. Saul chegou batendo e chapou a bola, rasteira, no canto direito.

Aos 25 minutos, um lance de preocupação para Tite e a Seleção Brasileira. Farfán recebeu livre na área, de frente para o gol do Atlético e armou o chute. Filipe Luís se recuperou no lance e travou a finalização. Pore´m, o choque deixou o brasileiro caído no gramado e, com dores no tornozelo, acabou substituído.

Aos 30, Kochenkov saiu mal do gol e comemteu a falta sobre Griezmann, dentro da área. O árbitro assinalou o pênalti para os visitantes, que Fernando Torres cobrou com perfeição, deslocando o arqueiro adversário e colocando a bola no meio do gol.

O camisa nove não se conteve com o gol de pênalti e, aos 35 minutos, fez o segundo dele. Correa carregou pelo meio e deu uma ótima assistência para Torres, que saiu na cara do gol. O atacante tirou de Kochenkov e fez o quarto do Atlético na partida.

Para fechar a goleada com chave de ouro, Correa e Griezmann foram responsáveis por uma pintura em Moscou. Aos 40 minutos, o argentino recebeu lançamento na esquerda e, mesmo de costas, aproveitou o quique da bola para dar um chapéu no marcador. Dominando a redonda, serviu o francês na entrada da área. Com a perna esquerda e muita categoria, o camisa sete deu um belo toque por cobertura, que morreu no ângulo direito do gol.

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS