PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Arsenal vence novamente, despacha Milan e avança às quartas

Novamente não deu para o Milan. Nesta quinta-feira, no Emirates Stadium, casa do Arsenal, os comandados de Gattuso perderam, como no confronto de ida, para a equipe local e se despediram da Liga Europa em sua fase de oitavas de final. Os gols da partida foram marcados por Welbeck (duas vezes) e Xhaka, em favor [?]

19:00 | 15/03/2018

Novamente não deu para o Milan. Nesta quinta-feira, no Emirates Stadium, casa do Arsenal, os comandados de Gattuso perderam, como no confronto de ida, para a equipe local e se despediram da Liga Europa em sua fase de oitavas de final. Os gols da partida foram marcados por Welbeck (duas vezes) e Xhaka, em favor dos mandantes, além de Ã?alhanoÄ?lu, para os visitantes.

No placar agregado, o marcador ficou em 5 a 1 para o clube liderado pelo técnico francês Arsene Wenger. No primeiro jogo entre as duas equipes, os Gunners venceram por 2 a 0.

Após o resultado, o Arsenal ainda não conhece seu adversário nas quartas de final da Liga Europa. Isso porque o sorteio da próxima fase da competição só será realizado nesta sexta-feira, na sede da Uefa, entidade máxima do futebol europeu.

As equipes classificadas entre as oito melhores do torneio mata-mata são o Atlético de Madrid, Lazio, Leipzig, Olympique de Marselha, Sporting, Arsenal, CSKA Moscou e Red Bull Salzburg.

O jogo â?? Nos minutos iniciais de partida, parecia que era a equipe do Arsenal que precisava do resultado para avançar às quartas de final da Liga Europa. Mantendo uma maior retenção da posse de bola, os ingleses ditavam o ritmo do embate enquanto os rivais não mostravam um bom desempenho ofensivo.

A primeira chance dos ingleses veio aos 24 minutos da etapa inicial. Após Cutrone ter sua cabeçada bloqueada, os Gunners deram início a um rápido contra-ataque. Arrancando pela esquerda, Welbeck chutou forte, e Donnarumma fez bela defesa para impedir o tento dos mandantes.

Foi justamente quando o Milan precisava de uma injeção de ânimo que Ã?alhanoÄ?lu apareceu. O turco recebeu bola perto de intermediária e, de longe, arriscou um belo chute, sem chances para Ospina: 1 a 0 para os italianos. Logo no lance seguinte, o Arsenal tentou a resposta, mas novamente Donnarumma fez grande defesa e impediu o gol.

Somente dois minutos após a abertura do placar por parte dos rosseneros, os mandantes chegaram ao empate. Em lance de Ricardo Rodríguez com Welbeck, o atacante inglês caiu na área e o árbitro da partida assinalou a penalidade máxima, duvidosa. O próprio jogador partiu para a cobrança e deixou tudo igual.

Após o período turbulento no jogo, a partida ficou ainda mais nervosa. O juiz do confronto, Jonas Eriksson, passou a distribuir diversos cartões amarelos: Romagnoli, Donnarumma e Borini, todos do Milan, receberam a advertência antes do apito que sinalizava o fim do primeiro tempo.

Na segunda etapa, o início do período contou com boas oportunidades por ambos os lados. Enquanto os donos da casa ameaçavam com Mkhitaryan, em forte finalização, os italianos tentavam a resposta e o gol com Suso, Cutrone e Kalinic.

Entretanto, apesar do maior número de chances do Milan, que marcou o tento, praticamente selando a classificação às quartas, foi o Arsenal. O meia suíço Xhaka recebeu bola perto do meio de campo e chutou forte, de fora da área, contando com falha de Donnarumma, que deixou a bola passar: 2 a 1.

A garantia do avanço dos ingleses veio já aos 40 minutos do segundo tempo. Welbeck recebeu em posição legal e distribuiu a bola para Wilshere. O camisa 10 foi até linha de fundo e cruzou para a pequena área. A bola encontrou Ramsey, que cabeceou firme para ótima defesa do arqueiro do Milan â?? entretanto, no rebote, o atacante inglês não desperdiçou e completou facilmente, de cabeça, para o gol, dando números finais à partida.

Lyon vacila em casa, perde para o CSKA e se despede

Depois de ter conquistado uma importante vitória por 1 a 0 longe de seus domínios no duelo de ida, o Lyon parecia estar em uma situação confortável para a disputa da volta nesta quinta-feira, também pelas oitavas de final da Liga Europa. Entretanto, os franceses foram irreconhecíveis em casa, perderam para o CSKA, de Moscou, pelo placar de 3 a 2, e se despediram da competição.

Os gols da partida foram marcados por Golovin, Musa e Wernbloom, para os visitantes, além de Cornet e Mariano Díaz, em favor dos donos da casa. A equipe russa abriu o placar, mas ainda no início do segundo tempo, o Lyon empatou. Pouco depois e em cerca de cinco minutos, os russos construíram a vantagem com dois gols rápidos. Os mandantes até tentaram a reação, fazendo o 3 a 2, mas não fizeram o suficiente para alcançar a classificação.

Dortmund não consegue reação e também dá adeus 

Em outra partida válida pelo torneio europeu, o Borussia Dortmund, jogando fora de casa, precisava da vitória para avançar para a próxima fase na Liga Europa, depois de ter perdido para o Red Bull Salzburg, na Alemanha, pelo marcador de 2 a 1. Entretanto, nesta quinta-feira, os alemães não saíram do zero com o clube austríaco e também deram adeus à disputa.

Gazeta Esportiva

TAGS