PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Angustiado pela fase ruim, meia do Barça diz ter ?vergonha de sair de casa?

Há quase duas temporadas no Barcelona, André Gomes ainda não conseguiu repetir as atuações dos tempos de Benfica e Valencia e continua sem corresponder às expectativas em torno de seu futebol. Claramente incomodado com a situação, o meia desabafou em entrevista concedida à revista Panenka, por meio da qual disse estar vivendo um ?inferno? e até [?]

14:30 | 12/03/2018

Há quase duas temporadas no Barcelona, André Gomes ainda não conseguiu repetir as atuações dos tempos de Benfica e Valencia e continua sem corresponder às expectativas em torno de seu futebol. Claramente incomodado com a situação, o meia desabafou em entrevista concedida à revista Panenka, por meio da qual disse estar vivendo um ?inferno? e até ter vergonha de sair na rua.

?Não me sinto bem em campo, não estou desfrutando. Os primeiros seis meses correram bem, mas depois as coisas mudaram. Talvez a palavra não seja a mais precisa, mas tornou-se um pouco num inferno, porque comecei a ter mais pressão. Eu convivo bem com a pressão, só não convivo bem é com a pressão em mim mesmo?, apontou.

O português é outro jogador que chegou para ser peça importante no elenco do time catalão, mas acabou mais tempo sentado no banco de reservas do que propriamente dentro das quatro linhas. Ele reconhece que atravessa uma fase ruim e está devendo. Embora assegure que não se sente mal nos treinamentos ou junto aos companheiros de equipe, assume que as más atuações em partidas oficiais o deixam profundamente abalado.

?Já me aconteceu, em mais do que uma ocasião, não querer sair de casa, porque as pessoas podem me olhar de lado. Ter medo de sair por sentir vergonha. E uma coisa que me incomoda é que me digam que consigo fazer as coisas bem?, admitiu.

André Gomes foi contratado pelo Barça junto ao Valencia por um valor equivalente a 35 milhões de euros (cerca de R$ 140 milhões). Até então, foram 72 aparições do jogador de 24 anos pelos grenás, nos quais marcou apenas três gols, todos na temporada 2016/17, e deu somente quatro assistências.

Gazeta Esportiva

TAGS