PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Villarreal suspende contrato de zagueiro preso preventivamente

Os problemas de Rúben Semedo fora de campo atingiram, de vez, sua vida como jogador profissional. Preso preventivamente na última quinta-feira, o zagueiro do Villarreal não apenas responde por seis crimes, entre os quais tentativa de homicídio e sequestro, como teve também seu contrato e seus salários suspendidos pela diretoria do clube espanhol enquanto resolve [?]

12:45 | 23/02/2018

Os problemas de Rúben Semedo fora de campo atingiram, de vez, sua vida como jogador profissional. Preso preventivamente na última quinta-feira, o zagueiro do Villarreal não apenas responde por seis crimes, entre os quais tentativa de homicídio e sequestro, como teve também seu contrato e seus salários suspendidos pela diretoria do clube espanhol enquanto resolve sua situação com a justiça.

Por meio de um comunicado oficial em seu site, o Villarreal anunciou a decisão e lamentou o caso envolvendo um jogador com vínculo em andamento com o clube.

?O Villarreal CF quer mostrar sua consternação após os graves crimes imputados pelo juiz da Corte Número 6 de Llíria ao jogador Rúben Semedo. Sempre com o devido respeito  e pela presunção de inocência, o clube decidiu suspender o contrato e o salário do jogador até que seja tomada uma decisão definitiva do processo disciplinar que está em andamento?, diz o comunicado.

Semedo foi detido pela Guarda Civil de Valência na última terça-feira acusado de roubo, agressão e porte ilegal de arma de fogo. Na quinta, foi ouvido no tribunal e acabou preso preventivamente com a alegação de continuação do processo de atividade criminosa. Os crimes nos quais o português foi enquadrado não foram divulgados oficialmente, mas o jornal Marca apurou que sequestro, tentativa de homicídio, ameaças, lesões, porte ilegal de armas e roubo com violência estão em pauta.

O caso que culminou na prisão preventiva foi a terceira polêmica que o zagueiro se envolveu em intervalo de um mês. Em janeiro, Semedo foi acusado, primeiramente, de ameaçar um segurança com uma arma em casa noturna de Valência. Poucos dias depois, o jovem de 23 anos iniciou uma briga e terminou como suspeito de ter agredido um jovem com uma garrafa no estacionamento.

Gazeta Esportiva

TAGS