PUBLICIDADE
Futebol

NOTÍCIA

Tite garante que não visitará Michel Temer em caso de título da Copa do Mundo

13:10 | 16/02/2018
NULL
NULL(Foto: )
[FOTO1] O treinador da Seleção Brasileira, Tite, disse que não iria cumprimentar o presidente Michel Temer, caso a Canarinho conquiste a Copa do Mundo da Rússia deste ano. Há quatro meses do maior desafio de sua carreira, o comandante também revelou que toma todos os cuidados possíveis para não ter sua imagem vinculada à campanhas de candidatos ou partidos políticos. As declarações foram dadas em entrevista exclusiva ao jornal Estadão.
 
"Eu, Adenor, não vou na ida nem na volta. Nem ganhando, nem perdendo", garantiu Tite, ao ser indagado se iria à Brasília falar com o presidente.
 
Antes de assumir o comando da Seleção Brasileira, após a saída de Dunga, Tite assinou um manifesto que pedia a renúncia do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, envolvido em escândalo de corrupção, sendo impedido, inclusive, de sair do Brasil. O manifesto,  elaborado pelo Bom Senso FC, foi assinado por grandes nomes do futebol como Pelé, Zico, Paulo Autuori, Rogério Ceni e Alex.
 
Além deles, artistas brasileiros também assinaram a ata. Chico Buarque, Wagner Moura, José Padilha, Faustão, Jô Soares e Luciano Hulk estão entre as personalidades que aderiram a campanha.

Neto Ribeiro

TAGS