PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Sport goleia rival direto e salta na tabela do Pernambucano

O Sport Recife espantou todo o clima de desconfiança em pairava sobre o time com uma sonora goleada na noite desse sábado, diante de seus torcedores, na Ilha do Retiro. O jogo com o Vitória-PE era um verdadeiro confronto direito pela parte de cima da tabela do Campeonato Pernambucano e o Leão acabou vencendo por [?]

20:45 | 24/02/2018

O Sport Recife espantou todo o clima de desconfiança em pairava sobre o time com uma sonora goleada na noite desse sábado, diante de seus torcedores, na Ilha do Retiro. O jogo com o Vitória-PE era um verdadeiro confronto direito pela parte de cima da tabela do Campeonato Pernambucano e o Leão acabou vencendo por 4 a 0.

Agora, depois de oito rodadas, os rubro-negros chegam a 15 pontos, se igualam ao líder Náutico, mas ficam com a segunda colocação por causa do critério de desempate. Já o Vitória-PE, que era o vice-líder até então, cai para o quarto lugar e estaciona nos 13 pontos. O Central é o terceiro também com 13 pontos.

E olha que o duelo não começou bem para o Sport. O técnico Nelsinho Baptista não pôde contar com André e Juninho, ambos afastados pela diretoria porque estão em meio a negociações e podem deixar o clube, e para piorar ainda viu Rogério sair machucado com apenas 20 minutos de jogo. Índio entrou na vaga do ponta.

O problema é que o Vitória-PE não soube aproveitar nem a boa fase na competição e muito menos os desfalques do adversário. Ainda no primeiro tempo, os donos da casa se superaram e fizeram logo dois gols.

Aos 34, Anselmo foi às redes depois de aproveitar rebote da finalização de Ronaldo Alves. Cinco minutos depois, o zagueiro Léo Carioca facilitou as coisas para o Sport e marcou um gol contra ao tentar cortar um cruzamento de Marlone.

Os visitantes sentiram o golpe e demoraram para assimilar o andar do jogo. Nem mesmo o intervalo serviu para colocar as coisas em ordem, porque logo aos cinco minutos Índio, aquele que ganhou oportunidade na vaga de Rogério, fez mais um.

Para fechar a goleada, Marlone, aos 33, marcou um golaço, certamente o mais bonito da noite, e fechou a noite de redenção do Sport Recife.

Gazeta Esportiva

TAGS