Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Linense perde para Novorizontino e segue na zona de rebaixamento

Jogando como visitante, no estádio Municipal Gilberto Siqueira Lopes, o Gilbertão, o Novorizontino venceu o Linense. A partida válida pela oitava rodada do Campeonato Paulista terminou em 3 a 2, com gols de  Éder, Francis e Juninho. Leandro Silva e Wilson descontaram. Com o resultado desta segunda-feira, o Elefante fica com cinco pontos, segue em último do [?]
22:15 | Fev. 19, 2018
Autor -
Foto do autor
- Autor
Tipo Notícia

Jogando como visitante, no estádio Municipal Gilberto Siqueira Lopes, o Gilbertão, o Novorizontino venceu o Linense. A partida válida pela oitava rodada do Campeonato Paulista terminou em 3 a 2, com gols de  Éder, Francis e Juninho. Leandro Silva e Wilson descontaram. Com o resultado desta segunda-feira, o Elefante fica com cinco pontos, segue em último do grupo A e também permanece na última colocação da classificação geral, dentro da zona de rebaixamento. Já o Tigre chega a 11 pontos e assume a terceira colocação do grupo C.

A partida mal tinha começado e os mandantes abriram o placar. Eduardo cruzou em cobrança de falta do meio de campo e Wilson apareceu livre no segundo poste para bater de chapa.

O Novorizontino tentou responder aos oito minutos. Anderson Salles cobrou falta de longe, mas Pegorari tirou de soco. O Linense voltou ao ataque aos 22. Primeiro, Wilson recebeu lançamento no contra-ataque e parou em Oliveira. Em seguida, após bate rebate, Bileu finalizou para fora.

O empate saiu aos 30 minutos. Em cobrança de escanteio, o goleiro saiu mal, Éder aproveitou que a bola ficou no meio do bolo de jogadores dentro da pequena área e a empurrou para o fundo do gol.

Os comandados de Márcio Fernandes voltaram melhor para a segunda etapa, mas quem marcou o gol foi o Tigre. Jean Patrick lançou Juninho, que apareceu na segunda trave para marcar de peixinho.

Não durou muito a vantagem no placar dos visitantes. Aos 18 minutos, depois de cobrança de falta, Thiago Humberto cruzou na cabeça de Leandro Silva, que deixou o jogo em 2 a 2.

O Linense quase virou a partida aos 22 minutos. Giovanni lançou Reginaldo, que fez cruzamento rasteiro perigoso. Entretanto Thiago Humberto passou a bola. Já aos 35 minutos, Murillo lançou para Juninho, que passou para Giovanni. Na hora da finalização a bola foi para longe.

O gol da vitória do Tigre saiu aos 44 minutos. No contra-ataque, Francis aproveitou o cruzamento e mandou a bola para o fundo do gol.

Na próxima rodada, o Linense irá visitar o Botafogo, na segunda-feira, às 20 horas (de Brasília), no estádio Santa Cruz. Por sua vez, o Novorizontino viajará até Bragança para enfrentar o Bragantino no domingo, às 11 horas, no estádio Nabi Abi Chedid.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ana Marcela Cunha é ouro na maratona aquática

Esportes
20:46 | Ago. 03, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A brasileira Ana Marcela Cunha conquistou a medalha de ouro na prova dos 10 quilômetros (km) da maratona aquática da Olimpíada de Tóquio (Japão). A brasileira venceu a prova nesta terça-feira (3) na Marina de Odaiba com o tempo de 1h59min30s8.

Vacinação sem agendamento é ampliada para pessoas a partir de 40 anos

d1
20:31 | Ago. 03, 2021
Autor Marília Freitas
Foto do autor
Marília Freitas Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Residentes de Fortaleza que têm 40 anos ou mais e ainda não receberam a primeira dose (D1) da vacina contra a Covid poderão buscar qualquer centro de vacinação a partir desta quarta-feira, 4. Não há necessidade de agendamento prévio, mas as pessoas devem estar cadastradas no site Saúde Digital. Ao comparecer ao centro de vacinação, é necessário apresentar documento de identidade com foto, CPF, Cartão Nacional de Saúde (CNS) e comprovante de residência. A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) esclarece que a expansão da livre demanda por faixa etária está condicionada ao envio de mais doses por parte do Ministério da Saúde (MS).

Com mais doses enviadas pelo Ministério, mais faixas etárias serão elencadas pela SMS. A Capital iniciou a aplicação em livre demanda por faixa etária a partir dos 90 anos, passou para 60 e depois 50 anos. Anteriormente, estava disponibilizando o benefício a partir de 45 anos de idade e, agora, amplia para os que possuem a partir de 40 anos.

Na última sexta, 30, Fortaleza agendou todo o estoque de primeira dose das vacinas, o que ocasionou apenas a aplicação de segundas doses no último fim de semana. Até essa terça, 3, a Capital seguiu aplicando apenas a D2 dos imunizantes. Porém, nesta quarta-feira, 4, a aplicação de D1 por faixa etária também é retomada. Confira aqui os agendados para para quarta (04/08) e quinta-feira, (05/08).

O Ceará recebeu 316 mil doses de vacinas no último fim de semana: 173.160 doses da Pfizer/BioNTech e 143.200 doses da CoronaVac/Butantan. Enviados pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI), os imunobiológicos serão destinados à aplicação de D1 e D2.

Mais de 2 milhões de doses já foram aplicadas contra a Covid-19 na Capital. O Vacinômetro da Capital, atualizado pela última vez na quarta-feira, 28, ainda contabiliza 1.927.202 doses aplicadas no total. O município também já ultrapassou a marca de mais de 500 mil pessoas com o ciclo vacinal completo  — ou seja, imunizadas com primeira e segunda dose ou dose única, da Janssen.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

É ouro! Ana Marcela Cunha conquista medalha na maratona aquática nas Olimpíadas de Tóquio

Jogos Olímpicos
20:30 | Ago. 03, 2021
Autor Gabriel Lopes
Foto do autor
Gabriel Lopes Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O início da noite desta terça-feira, 3, no Brasil, começo da manhã no Japão, teve a conquista de mais uma medalha para o Brasil. A nadadora baiana Ana Marcela Cunha terminou em primeiro lugar na maratona aquática, com 10 quilômetros de distância, e ficou com o ouro.

Ana Marcela finalizou a prova com o tempo de 1:59:30.8, 0.9 a mais que a segunda colocada da competição.

A neerlandesa Sharon van Rouwendaal, com marca de 1:59:31.7, ficou em segundo lugar e levou a prata, enquanto Kareena Lee, da Austrália, com 1:59:32.5, completou o pódio e conquistou o bronze.

Essa é a quarta medalha de ouro do Brasil nas Olimpíadas de Tóquio e a 15ª no total, somando com as pratas e os bronzes.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará soma mais de 920 mil casos de Covid e 23.566 mortes pela doença

Números da pandemia
20:23 | Ago. 03, 2021
Autor Redação O POVO
Foto do autor
Redação O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

O Ceará registrou 752 novos casos de Covid-19 e 38 mortes nas últimas 24 horas. A quantidade de casos foi de 919.544, nessa segunda-feira, 2, para 920.296 nesta terça-feira, 3. O acumulado de óbitos no sistema foi de 23.528 para 23.566 no mesmo período. Os dados são do IntegraSUS, plataforma de transparência atualizada pela Secretaria da Saúde do Estado do Ceará (Sesa), consolidados às 17h40min desta terça-feira.

Ainda de acordo com a plataforma, nenhuma morte confirmada por Covid-19 aconteceu nas últimas 24 horas. Devido ao atraso que ocorre para que mortes mais recentes entrem no sistema, vítimas da Covid-19 que faleceram no mesmo período podem ser registradas posteriormente.

No Estado, há atualmente, 644.283 pessoas recuperadas da doença e 45.485 com suspeita de infecção. A taxa de letalidade — proporção de mortes entre os casos confirmados — é de 2,6%. Foram realizados 2.516.688 exames para detecção do coronavírus no Ceará até o momento.

Covid-19: números do Ceará

920.296 casos confirmados
23.566 óbitos
2,6% de taxa de letalidade
2.516.688 exames
644.283 pessoas recuperadas
Nenhum óbito confirmados nas últimas 24 horas

Taxa de letalidade

Há uma diferença entre taxa de mortalidade e de letalidade de uma doença. A taxa de mortalidade se refere à quantidade de pessoas que morreram por uma doença em relação à população total de um lugar — seja uma cidade, estado, país, ou até mesmo o mundo inteiro. Já a taxa de letalidade se refere à quantidade de pessoas que morreram por uma doença em relação à quantidade de infectados por ela.

Campanha de vacinação

Na campanha de vacinação contra a Covid-19 no Estado, todos os municípios cearenses já começaram a vacinar a população em geral. A nova etapa da campanha acontece de forma escalonada por ordem decrescente de idade, a partir dos 59 anos. Para receber a vacina, as pessoas devem estar devidamente cadastradas na plataforma Saúde Digital, da Sesa.

Além do público em geral, as pessoas incluídas nos grupos prioritários das fases 1, 2, 3 e 4, do PNI, estão recebendo os imunizantes contra o coronavírus em paralelo. Dentre as categorias, estão: trabalhadores da saúde, idosos, indígenas, quilombolas, pessoas com comorbidades, grávidas, puérperas, pessoas portadoras de deficiência, moradores de rua, trabalhadores da educação, profissionais do transporte coletivo rodoviário, metroviário, aéreo, aquaviário, portuários entre outros.

Evolução do coronavírus no Ceará

Casos de coronavírus no Ceará em 2 de julho (02/8)

Casos de coronavírus no Ceará em 31 de julho (31/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 30 de julho (30/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 29 de julho (29/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 28 de julho (28/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 27 de julho (27/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 26 de julho (26/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 24 de julho (24/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 23 de julho (23/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 22 de julho (22/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 21 de julho (21/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 20 de julho (20/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 18 de julho (18/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 17 de julho (17/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 16 de julho (16/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 15 de julho (15/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 14 de julho (14/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 11 de julho (11/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 10 de julho (10/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 9 de julho (9/7)

Casos de coronavírus no Ceará em 8 de julho (8/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 7 de julho (7/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 6 de julho (6/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 5 de julho (5/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 4 de julho (4/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 3 de julho (3/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 2 de julho (2/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 1 de julho (1º/07)

Casos de coronavírus no Ceará em 30 de junho (30/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 28 de junho (28/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 27 de junho (27/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 26 de junho (26/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 25 de junho (25/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 24 de junho (24/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 23 de junho (23/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 22 de junho (22/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 21 de junho (21/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 20 de junho (20/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 19 de junho (19/06)

Casos de coronavírus no Ceará em 18 de junho (18/06)

<

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Ceará tem 46% das UTIs adulto ocupadas por pacientes com Covid-19

Coronavírus
20:18 | Ago. 03, 2021
Autor Gabriela Almeida
Foto do autor
Gabriela Almeida Autor
Ver perfil do autor
Tipo Noticia

As Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) do Ceará, voltadas para atendimento de adultos com Covid-19, registram ocupação de 46,67%. Os dados foram divulgados na plataforma IntegraSUS, da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), e são baseados em informações colhidas até às 17h04min desta terça-feira, 3.

O monitoramento leva em consideração tanto unidades médicas públicas como particulares que estão situadas no Estado. A média geral de ocupação das UTIs, equipamento que trata de casos mais graves da doença, é de 46,12%. A maior ocupação é registrada na ala de gestante, que apresenta 66,67% de ocupação. UTI infantil e neonatal registram 47,06%21,43%, respectivamente.

LEIA MAIS | Secretaria da Saúde confirma mais dois casos da variante Delta no Ceará e recomenda autoquarentena

Em relação as enfermarias do Ceará, a média geral de ocupação é de 23,92%, sendo a ala infantil a com maior ocupação, registrando o percentual de 41,15%. Em seguida aparece a ala adulto, com 20,15% e a de gestante com 10,34%. O espaço do equipamento voltado para tratamento neonatal não foi atualizado.

Dentre as regiões de saúde do Estado, o Sertão Central é a que apresenta o maior número de ocupação das "UTIs Covid", com 65%. As demais regiões registram médias de: Fortaleza (52,19%), Litoral Leste/Jaguaribe (45%), Sobral (44,14%) e Cariri (31,58%).

Em toda Unidade Federativa, conforme dados colhidos até às 13h08min de hoje, 12 pessoas aguardam na fila de espera por leitos específicos de tratamento da Covid-19. Desses, seis esperam por leitos específicos da UTI e seis aguardam para serem levados a enfermarias.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags