PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Eduardo Baptista analisa derrota para o Mirassol e já pensa na Copa do Brasil

Neste domingo, a Ponte Preta perdeu a invencibilidade fora de casa ao ser derrotada pelo Mirassol, por 1 a 0, no Estádio José Maria de Campos Maia, pela nona rodada do Campeonato Paulista. O técnico Eduardo Baptista lamentou o revés e deu sua opinião a respeito da partida, que, segundo ele, contou com um primeiro [?]

14:15 | 26/02/2018

Neste domingo, a Ponte Preta perdeu a invencibilidade fora de casa ao ser derrotada pelo Mirassol, por 1 a 0, no Estádio José Maria de Campos Maia, pela nona rodada do Campeonato Paulista. O técnico Eduardo Baptista lamentou o revés e deu sua opinião a respeito da partida, que, segundo ele, contou com um primeiro tempo fraco pelo lado alvinegro.

?Entramos apáticos no primeiro tempo e isso, favoreceu a derrota. Entramos mal. Baixamos a marcação, deixarmos de marcar em cima, a criação não foi da maneira que queríamos, ajustamos a marcação e depois levamos o gol?, apontou o comandante, que elogiou a mudança de postura da Macaca na segunda etapa. ?A criação aconteceu, tivemos boas chances, poderíamos ter empatado. Mas infelizmente não aconteceu, a gente fica chateado pela atuação no primeiro tempo?, completou.

Com o resultado, a Ponte perdeu mais uma chance de assumir a liderança do Grupo B, já que o São paulo voltou a tropeçar, empatando sem gols, em casa, com a Ferroviária. O time de Campinas também perdeu uma posição na tabela, caindo para o terceiro lugar com a vitória do São caetano sobre o São Bento, no ABC. Eduardo Baptista, porém, sabe o que há de ser feito para levar a equipe para a próxima fase do estadual.

?A gente está atento, sabe que é um campeonato competitivo. A Ponte vinha de sete jogos sem perder. Estamos a um ponto da liderança. Dentro do Paulista temos mais três jogos em casa para buscar a nossa classificação. Temos que buscar o equilíbrio para buscar essa classificação?, afirmou.

Antes da próxima rodada do Paulistão, a Macaca entra em campo pela terceira fase da Copa do Brasil, no Moisés Lucarelli, onde encara o Sampaio Corrêa. O comandante alvinegro já está com a cabeça na partida. ?Agora é outro jogo, muda a fórmula de disputa. Agora são dois jogos, não tem o gol qualificado. Jogar em São Luis é complicado, é importante conseguir um bom resultado em casa para decidirmos fora. E também motiva para a sequência do Paulista?, finalizou.

Gazeta Esportiva

TAGS