Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Aos 36 anos, Nenê se vê preparado para jogar aberto no São Paulo

Quem assistiu ao clássico San-São no último domingo certamente percebeu o veterano meia Nenê jogando aberto pelo lado esquerdo, e Cueva mais centralizado. Muitos críticos e torcedores entendem que o reforço são-paulino pode acabar sendo sacrificado nessa função mais desgastante, mas, ao contrário disso, o próprio atleta fez questão de esclarecer que mesmo aos 36 [?]
23:45 | Fev. 19, 2018
Autor -
Foto do autor
- Autor
Tipo Notícia

Quem assistiu ao clássico San-São no último domingo certamente percebeu o veterano meia Nenê jogando aberto pelo lado esquerdo, e Cueva mais centralizado. Muitos críticos e torcedores entendem que o reforço são-paulino pode acabar sendo sacrificado nessa função mais desgastante, mas, ao contrário disso, o próprio atleta fez questão de esclarecer que mesmo aos 36 anos não vê qualquer dificuldade em ajudar o lateral tanto nas jogadas ofensivas quanto defensivamente.

?Eu sempre me cuidei. Vimos o jogo ontem (domingo), clássico é sempre mais pecado, e eu acredito que desempenhei bem essa função, não tive problema, corri praticamente 12 km?, comentou Nenê, ao Sportv.

?Eu já joguei nessa (posição) muitos anos. Eu não estou vendo problema nenhum quanto a isso. Conversei com o Dorival e agora, como acho que ele viu que eu ainda tenho condição de estar ali (na ponta), é só acertar alguns movimentos táticos. A gente ainda tem que entrosar, joguei só quatro jogos?, explicou.

Nenê saiu do Brasil com apenas 20 anos de idade, depois de passagens por Paulista de Jundiaí, Palmeiras e Santos. No Velho Continente, o armador aprendeu a cumprir função, além de colocar em prática suas principais características de armador. Toda essa experiência é válida para o atual momento do São Paulo.

?Essa posição eu joguei muito, principalmente na Europa, claro que eu estava acostumado a jogar mais centralizado, mas eu tinha muita liberdade. Aqui (no São Paulo), meio que a gente estava revezando, Cueva e eu, e agora eu estou um pouco mais fixo jogando aberto. Mas a gente pode variar, Cueva, eu, Diego (Souza), para não ficar estático. A gente está treinando bastante isso?, emendou, refutando que a equipe esteja perdendo velocidade.

O que realmente tem incomodado Nenê não é sua posição em campo, e sim os resultados. Não só os placares em si, já que o São Paulo chegou a vencer três jogos seguidos e mesmo assim saiu de campo vaiado pela torcida tricolor. O desempenho preocupa. A derrota para o Santos no Morumbi só serviu para aumentar essa pressão.

?Hoje em dia é tudo resultado. Eu fiquei indignado com a derrota, porque jogamos bem e perdemos por uma bola. Mas perdemos, e não pode acontecer. Não tem paciência. Hoje em dia é tudo imediatista?, lamentou o jogador.

 

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Israel lança ataques aéreos sobre o Líbano, em resposta a foguetes

INTERNACIONAL
08:50 | Ago. 05, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Israel provocou nesta quinta-feira (5) uma escalada em sua resposta aos foguetes lançados contra seu território nesta semana, ao realizar ataques aéreos sobre o Líbano. Em comunicado, o Exército israelense afirma que aeronaves dispararam contra locais de lançamento dos foguetes no dia anterior, bem como em mais um lugar anteriormente usado para disparar contra Israel. A emissora Al-Manar, do grupo militante xiita Hezbollah, afirmou que os ataques aéreos ocorreram às 2h da madrugada (pelo horário local), atingindo uma área vazia na vila de Mahmoudiya. Já um porta-voz do Exército israelense afirmou que o governo libanês é responsável pelo que ocorre em seu território - e advertiu para o risco de mais ataques de Israel no sul do Líbano. Fonte: Associated Press.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

BoE mantém juros e tamanho do QE e aponta menor impacto da covid sobre a economia

ECONOMIA
08:40 | Ago. 05, 2021
Autor Agência Estado
Foto do autor
Agência Estado Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) decidiu manter sua taxa básica de juros, em 0,10%, e também o tamanho de seu programa de relaxamento quantitativo (QE, na sigla em inglês), em 895 bilhões de libras. A decisão sobre os juros foi unânime, mas a sobre o QE foi tomada por 7 votos a 1, informa a instituição em comunicado nesta quinta-feira (5).
Os dirigentes afirmam que, apesar da disseminação da variante delta da covid-19 no Reino Unido, o impacto do vírus sobre a economia do país diminui ao longo do tempo. O comunicado ressalta o quão crucial é a trajetória da pandemia e seus impactos para os juros.
O BoE diz também que o Produto Interno Bruto (PIB) global deve ter exibido alta forte no segundo trimestre, com o ritmo mais intenso da vacinação e menos restrições. No terceiro trimestre, o ritmo deve ser menor, graças em parte à disseminação da variante delta. As pressões sobre os preços globais continuam a aumentar, refletindo a velocidade e o desequilíbrio na recuperação da atividade, bem como problemas na cadeia de produção, aponta.
O BoE afirma que o PIB do Reino Unido deve ter crescido cerca de 5% no segundo trimestre, ficando assim cerca de 4% abaixo de seu nível pré-pandemia e um pouco acima do esperado no relatório do banco central de maio passado. O PIB do país deve crescer cerca de 3% no terceiro trimestre, um pouco menos do que o esperado em maio, diante do quadro na pandemia, para se recuperar mais no restante do ano, atingindo o nível pré-covid no quarto trimestre de 2021, segundo o comunicado.
O banco central também destaca a trajetória da inflação, em quadro de pressões globais sobre os preços na reabertura econômica. O índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) do Reino Unido deve subir temporariamente no curto prazo a 4% no quarto trimestre de 2021, graças em grande medida ao setor de energia e a preços de outros bens, antes de desacelerar adiante para mais perto da meta de 2%, projeta. O BC espera que as pressões "elevadas" atuais sobre os preços domésticos e globais sejam transitórias.
Os dirigentes dizem ainda que não pretendem endurecer a política monetária até que exista evidência clara de progresso significativo para eliminar a capacidade ociosa da economia e de que será possível alcançar a meta de 2% de inflação de maneira sustentável. Caso a economia se mova conforme as projeções do relatório de política monetária de agosto, pode haver um "modesto aperto" da política monetária no horizonte da previsão, que deve ser necessário para se consistente com atingir a meta de modo sustentável no médio prazo, diz o BoE.
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Líder da máfia calabresa é detido em Madri

ITÁLIA
08:38 | Ago. 05, 2021
Autor AFP
Tipo Notícia

A polícia espanhola anunciou nesta quinta-feira (5) a detenção de um dos principais líderes da máfia da Calábria, Domenico Paviglianiti, "um dos foragidos mais procurados da Itália".

 

Paviglianiti foi detido na zona de Cuatro Caminos, de Madri, em 2 de agosto, em uma operação conjunta com a polícia italiana.

 

"O detido, considerado um dos foragidos mais procurados da Itália, foi localizado com documentação portuguesa falsa, seis telefones celulares e quase 6.000 euros em notas de 200 euros", afirma um comunicado divulgado pela força de segurança da Espanha.

 

Paviglianiti é acusado do assassinato de um homem, crime pelo qual foi condenado a 16 anos de prisão na Itália. O condenado ainda precisa cumprir 11 anos e oito meses da pena.

 

Em 2019, foi solto na Itália por uma tecnicalidade jurídica e, mais tarde, mudou-se para a Espanha.

 

A polícia detectou parte da família do detido em Barcelona, onde ele passou alguns meses refugiado, antes de seguir para Madri. Estabeleceu residência ma capital espanhola até ser localizado e detido.

 

Paviglianiti ajudou a controlar as operações da máfia no norte da Itália e na América do Sul.

 

Chamado de "chefe dos chefes" pela imprensa italiana por seu papel nos crimes cometidos nas décadas de 1980 e 1990, incluindo assassinato e tráfico de drogas, Paviglianiti passou mais de 20 anos na prisão antes de sua libertação em 2019.

 

Teve "papel de destaque durante a chamada segunda guerra da máfia, quando outras famílias da 'Ndrangheta na província de Reggio Calabria apoiaram o clã De Stefano na violenta disputa com o clã dos Condello", informaram os investigadores italianos.

 

Em sua longa relação com a Justiça, Paviglianiti já havia sido detido em 1996 na Espanha e extraditado três anos mais tarde para a Itália.

 


Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Polícia Federal faz operação contra fraudes no auxílio emergencial

Geral
08:35 | Ago. 05, 2021
Autor Agência Brasil
Foto do autor
Agência Brasil Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A Polícia Federal deflagrou hoje (5) a Operação Voitheia II, de combate a fraudes na concessão dos benefícios emergenciais, pagos a parte da população em situação de vulnerabilidade durante pandemia.

Estão sendo cumpridos quatro mandados de prisão preventiva e 22 de busca e apreensão, expedidos pela 10ª Vara Federal Criminal no Rio de Janeiro. Também há ordem judicial de sequestro dos bens dos investigados. As ações, que contam com 60 agentes federais, ocorrem no Rio de Janeiro, em Santa Catarina e Minas Gerais.

A estimativa é de que cerca de 5 mil benefícios do auxílio emergencial foram fraudados pela organização criminosa. A investigação é feita pelo grupo de trabalho Estratégia Integrada de Atuação contra as Fraudes ao Auxílio Emergencial, que tem participação da Polícia Federal, do Ministério Público Federal, do Ministério da Cidadania, da Caixa, Receita Federal, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União.

Na primeira fase da Operação Voitheia, deflagrada no dia 7 de abril, foram presas duas pessoas em flagrante e dois menores de idade foram apreendidos. Eles fraudavam os benefícios pela internet e fizeram vítimas em todo o país.

Voitheia significa ajuda em grego.

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags

Como você lida com as suas emoções?

08:18 | Ago. 05, 2021
Autor
Tipo Análise

 

As emoções podem ser as verdadeiras responsáveis pelo nosso sucesso ou fracasso na vida. Nesses mais de 36 anos trabalhando com o campo emocional, uma das questões mais recorrentes é que pouca gente sabe como tratar as emoções.

Quase ninguém sabe como lidar conscientemente com o mundo emocional. As pessoas normalmente querem apagar, controlar ou amortecer suas emoções, sem saber que tentando isso as emoções vão ficar mais carregadas e podem até explodir em alguns momentos de raiva ou de ira. Ou se for um medo, ele pode implodir se tornando uma depressão.

Outros sintomas do trauma emocional são: dificuldade para dormir, estresse, irritação, depressão e todas as consequências advindas disso, como dificuldade no trabalho, relacionamentos insatisfatórios e problemas de saúde.

Então, Ashara, o que fazer para equilibrar as emoções?

O primeiro passo é compreender que não se pode excluir nem apagar as emoções. Vamos tomar o exemplo da raiva. Você é uma pessoa raivosa? Faça essa uma reflexão agora e responda pra si mesma como você percebe e reage ao sentimento de raiva. Existem dois tipos de pessoas raivosas: a primeira, que explode e mostra o ‘monstro’ que existe dentro; e outra que esconde a raiva e normalmente se vitimiza. Geralmente o segundo tipo é mais bem aceito pela sociedade. Porém, essa raiva contida e controlada vai minando o sistema de defesa dessa pessoa e ela vai acabar explodindo quando algum gatilho se fizer presente.

Um exemplo recente que podemos citar é o caso da ginasta e medalhista olímpica Simone Biles que sentindo toda a pressão para se manter no topo da ginástica olímpica colapsou, desistindo de algumas provas.

E o que é um gatilho emocional? É qualquer situação ou pessoa que dispara a nossa ferida emocional, o nosso trauma.

Durante os primeiros sete anos de nossa vida somos basicamente emoção. O que quer que aconteça nesse período de nossas vida, como uma briga ou mesmo uma separação dos nossos pais, a morte de um ente querido, um acidente com feridos ou mortos pode gerar um trauma e esse choque fica marcado como uma ferida ou carga emocional.

Na infância não somos capazes de olhar para essa ferida. O que fazemos é tentar escondê-la; e essa carga emocional fica retida no nosso inconsciente. Logo na infância aprendemos a sedar ou controlar essa carga porque não fomos ensinados a lidar, curar e integrar essa ferida emocional.

"As emoções uma hora ou outra se ‘vingam’ e destroem aquilo que tentamos construir, seja um projeto de vida, um negócio, uma profissão ou um relacionamento." Guilherme Ashara, terapeuta

Nossos pais e a sociedade nos ensinam a não dar muita bola para nossas emoções, dizendo, por exemplo, “você precisa esquecer isso e seguir com sua vida em frente”, “isso não foi nada”, “você precisa aprender a controlar a sua raiva” ou conselhos semelhantes.

Então, não olhar para as emoções, tentar controlar ou sedar com drogas ou medicamentos é a pior escolha. As emoções uma hora ou outra se ‘vingam’ e destroem aquilo que tentamos construir, seja um projeto de vida, um negócio, uma profissão ou um relacionamento.

Nessa série de artigos sobre o mundo das emoções pretendo dar dicas de como curar as feridas, traumas ou cargas emocionais. Nesse momento, eu enfatizaria simplesmente que é importante que aprendamos a olhar para nossa criança emocional. Uma criança que sofreu algum choque, abuso, violência e que continua dentro de nós clamando para ser vista e acolhida.

Aguarde os próximos artigos para aprender o passo a passo de como tratar suas emoções. Garanto que sua vida vai ficar muito mais rica e preenchida quando você aprender a integrar esse tesouro que é o nosso mundo emocional.

Namastê!

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags