PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Sem Neymar, PSG vence o Guingamp e garante vaga nas oitavas da Copa

Nesta quarta-feira, o Paris Saint-Germain derrotou o Guingamp pelo placar de 4 a 2 e avançou para as oitavas de final da Copa da França. Os gols da partida, disputada no Parc des Princes, foram marcados por Rabiot, Deaux (contra), Pastore e Marquinhos para os donos da casa, enquanto Thuram e Ngbakoto, ambos de pênalti, [?]

16:30 | 24/01/2018

Nesta quarta-feira, o Paris Saint-Germain derrotou o Guingamp pelo placar de 4 a 2 e avançou para as oitavas de final da Copa da França. Os gols da partida, disputada no Parc des Princes, foram marcados por Rabiot, Deaux (contra), Pastore e Marquinhos para os donos da casa, enquanto Thuram e Ngbakoto, ambos de pênalti, descontaram para os visitantes.

A equipe de Paris foi ao gramado sem contar com o astro brasileiro Neymar, ainda em processo de recuperação de lesão na coxa direita. Outro desfalque de importância foi o atacante francês Mbappé, poupado depois de sofrer trauma na cabeça na partida contra o Lyon.

Insatisfeito com a falta de chances no PSG, o brasileiro Lucas foi relacionado e ficou no banco de reservas, assim como o zagueiro Thiago Silva. Daniel Alves, expulso na derrota para o Lyon, não foi para o gramado, suspenso. O capitão em campo foi o também jogador do país, Marquinhos.

O uruguaio Cavani perdeu a chance de se tornar, isoladamente, o maior artilheiro da história da equipe francesa. Sem balançar as redes nesta quarta-feira, mesmo tendo inúmeras finalizações e chances claras para marcar, o atacante permanece com os mesmos 156 gols de Ibrahimovic, empatados na artilharia. Em terceiro, aparece o português Pauleta, com 109 tentos.

Após a vitória, além de defender uma invencibilidade de 46 jogos em seus domínios, o Paris Saint-Germain se classificou para as oitavas de final da competição francesa. Entretanto, o oponente ainda não é conhecido, já que o sorteio da próxima fase ainda será realizado pela federação de futebol do país, nesta quinta-feira.

O jogo ? A etapa inicial de partida foi do jeito que a maioria dos torcedores de futebol imaginava. Enquanto o PSG apostou na superioridade técnica e maior volume ofensivo para imprimir um ritmo mais intenso de partida, o Guingamp apostava nos contra-ataques perigosos para assustar o goleiro Trapp.

Depois dos primeiros quinze minutos movimentados, com chances claras para o clube de Paris e uma finalização perigosa dos visitantes, o marcador do primeiro tempo começou a se definir. E o grande protagonista foi o argentino Dí Maria.

Aos 21 minutos, o jogador cobrou tiro de canto para a área. Cavani fez a movimentação e atraiu a marcação dos defensores do Guingamp, que deixaram Rabiot livre. O meia só resvalou para o fundo das redes, inaugurando o marcador do confronto.

Confira como foi o tempo real da partida!

Menos de cinco minutos depois, Dí Maria distribuiu outra assistência. Outra vez em escanteio, o argentino levantou para a área. A bola passou por todos, batendo no pé de Deaux, que marcou contra, e entrando para o gol.

Mesmo com a vantagem e o melhor momento na partida, o PSG via o Guingamp chegar com perigo nos contra-ataques. Em um deles, Ngbakoto avançou e tentou a finta em Trapp, que acabou derrubando o atleta, acarretando na marcação de pênalti pelo árbitro da partida. Na cobrança, Thuram converteu e diminuiu o placar, deixando os visitantes com esperanças na ida para o intervalo.

O segundo tempo viu o uruguaio Cavani tentar de todo o jeito se tornar o maior artilheiro isolado da história do PSG. Com ainda mais chances de marcar do que na etapa inicial, o atacante teve um alto número de finalizações que pararam nas mãos do goleiro Johnsson.

O arqueiro rival, aliás, fez pelo menos duas grandes defesas em chutes de Cavani. Na primeira chance, o atacante tentou de cabeça, mas o rival se esticou todo para fazer o bloqueio. No rebote, mais uma vez a bola parou nas mãos de Johnsson.

Pouco depois, o uruguaio recebeu bola enfiada na área e, em grande posição, tentou o drible em velocidade para cima do arqueiro. Cavani chutou forte contra a meta do goleiro, mas o atleta novamente realizou a ponte para evitar o tento histórico do jogador.

Em outra chegada do PSG, após desvio em bola que mirava Cavani, Draxler aproveitou a sobra e lançou para a área. Pastore apareceu livre e cabeceou firme, para o chão, não dando chances para Johnsson, fazendo o 3 a 1 para a equipe de Paris.

Perto da marca do 30 minutos da etapa final, o árbitro da partida assinalou mais um pênalti em favor do Guingamp. Dessa vez, Ngbakoto partiu para a cobrança. Mais uma vez, o goleiro Trapp errou o lado, vendo a bola cair rasteira para o fundo das redes.

O 3 a 2 no placar fez com que a partida chegasse em seus minutos finais com toda a emoção. Mesmo precisando do tento, o Guingamp não conseguiu chegar ao gol, vendo o PSG ainda fazer o quarto após escanteio na reta final. Marquinhos apareceu livre e, no contrapé de Johnsson, cabeceou para o fundo das redes, selando a classificação para as oitavas de final da Copa da França.

Confira todos os resultados da Copa da França nesta quarta-feira:

Biesheim x Grenoble

Montpellier 4 x 3 Lorient

PSG 4 x 3 Guingamp

Saint-Lo 1 x 2 Les Herbiers

Tours x Metz

Troyes x St. Etienne

Gazeta Esportiva

TAGS