Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Sem Neymar, Di María decide e PSG abre ainda mais vantagem

O Paris Saint-Germain não perdoou os vacilos de Monaco e Lyon nesta 20ª rodada do Campeonato Francês. Depois de seus principais concorrentes empatarem, a equipe da capital visitou o Nantes em La Beaujoire e, mesmo sem Neymar, cortado por causa de dores na costela, venceu o Nantes por 1 a 0. O herói da noite [?]
19:15 | Jan. 14, 2018
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O Paris Saint-Germain não perdoou os vacilos de Monaco e Lyon nesta 20ª rodada do Campeonato Francês. Depois de seus principais concorrentes empatarem, a equipe da capital visitou o Nantes em La Beaujoire e, mesmo sem Neymar, cortado por causa de dores na costela, venceu o Nantes por 1 a 0. O herói da noite nesse domingo foi o argentino Di María, que só substituiu o atacante brasileiro porque Pastore segue afastado depois de ter se apresentado no início do ano com atraso.

O triunfo levou o PSG aos 53 pontos, agora 11 pontos a mais que Monaco e Lyon. Já o Nantes segue na quinta colocação, com 33 pontos, oito pontos atrás do Olympique de Marselha, primeiro integrante do G4 na tabela de classificação.

Apesar de estarem sobrando na competição nacional, os parisienses não tiveram vida fácil contra a terceira melhor defesa da competição. É bem verdade que o começo do jogo não levou suspeita de que os visitantes encontrariam muita resistência.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

Logo aos 11 minutos, Cavani foi cortando para dentro até abrir a jogada na direita. A bola foi na direção de Mbappé, que genialmente abriu as pernas e deu uma ?assistência indireta? para Di María, que entrava livre, com a marcação perdida diante do corta-luz do atacante francês. De bico, o argentino acertou o canto rasteiro, cruzado, e abriu o placar.

Daí para frente, o Nantes engrossou o caldo e as coisas ficaram mais difíceis para os líderes. Mesmo assim, em um contra-ataque rápido, Mbappé serviu Rabiot na ponta direita. O meia fez a bola cruzar toda a extensão da área até chegar a Di María. Sem goleiro, embaixo do gol, o atacante pegou de primeira e isolou por cima do travessão de forma inacreditável.

Sorte do PSG que a falha de Di María não fez falta. Na etapa final, o Nantes até assustou em uma cabeçada de Diego Carlos e surpreendeu a ficar amis com a posse da bola e até esboçar uma pressão para cima dos visitantes. O problema é que o goleiro Areola não teve tanto trabalho, assim como seu companheiro de posição, do outro lado, também foi pouco exigido.

A partida só esquentou novamente perto dos acréscimos, quando uma cena bizarra acabou gerando uma grande confusão. O árbitro Chapron e o jogador Diego Carlos, do Nantes, trombaram durante uma corrida, mas o juiz se irritou com a situação, chutou o zagueiro brasileiro em forma de revide e ainda expulsou Diego Carlos, que ficou inconformado.

Na sequência do lance, o PSG cobrou a falta e Rabiot conseguiu ficar livre, na cara do goleiro, mas acertou o pé da trave e deixou o grito de gol entalado na garganta dos torcedores parisienses.

De qualquer forma, mesmo sem dar espetáculo, o Paris Saint-Germain levou mais três pontos para casa, se aproximou ainda mais do título antecipado do Campeonato Francês e, de quebra, deixou o sonho do Nantes em alcançar o G4 um pouco mais distante.

Confira os resultados da 20ª rodada do Campeonato Francês:

Sábado:

Rennes 0 x 3 Marseille

Caen 0 x 1 Lille

Dijon 1 x 1 Metz

Montpellier 0 x 0 Monaco

Nice 1 x 0 Amiens SC

Troyes 0 x 1 Bordeaux

Domingo:

St. Etienne 2 x 0 Toulouse

Lyon 1 x 1 Angers

Nantes 0 x 1 PSG

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags