PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Focado no Paulista, Domingos não se importa com imagem de violento

O Santo André entra no Campeonato Paulista com o foco de ter uma boa campanha para retornar à Série D do Brasileirão. Para poder cumprir seus objetivos na temporada ? que também conta com participações na Copa do Brasil e ,a Copa Paulista ?, a equipe do ABC terá como um de seus líderes o [?]

08:45 | 18/01/2018

O Santo André entra no Campeonato Paulista com o foco de ter uma boa campanha para retornar à Série D do Brasileirão. Para poder cumprir seus objetivos na temporada ? que também conta com participações na Copa do Brasil e ,a Copa Paulista ?, a equipe do ABC terá como um de seus líderes o zagueiro Domingos.

Com passagens por Santos e Grêmio, o jogador de 32 anos destacou que tem foco total no primeiro semestre apesar de não saber qual será o seu futuro após o estadual. Além disso, ele destacou sua evolução quando jogou no Catar entre 2012 e 2017.

?Não estou pensando no segundo semestre, porque temos que pensar no momento. O momento que eu quero viver, poder trabalhar o máximo é no Campeonato Paulista. O segundo semestre temos que deixar para frente e concentrar só no Paulistão? declarou em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva. ?Experiência muito boa (no Catar), que vivi cinco anos. Foi muito bom para conhecer como é jogar fora do país. Então isso serviu de aprendizado para que eu pudesse voltar ao futebol brasileiro com mais experiência?.

Apesar de muitos terem uma imagem de que Domingos é um jogador violento, o zagueiro do Santo André não se importa muito com o que as pessoas pensam sobre ele. O jogador veterano também conta que seu foco é ajudar a equipe que ele está defendendo.

?Não tenho que falar nada. Tenho que mostrar o meu trabalho dentro de campo. Nunca me importei com o que as pessoas falam. Eu procuro fazer o meu trabalho bem feito e ajudar a equipe que vem me dando suporte, que é o Santo André, e nesse caso que me dá oportunidade de voltar a jogar um campeonato de alto nível?.

Domingos ainda declarou que o lance envolvendo o Diego Souza na semifinal do Campeonato Paulista de 2019 é passado. Como São Paulo e o Ramalhão estão no mesmo grupo, um possível reencontro entre os dois jogadores só seria possível nas quartas de final.

?Faz mais de sete anos. Acho que isso aí nem eu, nem o Diego lembramos. Tive o prazer de jogar com o Diego na Seleção, então isso é passado. Não gosto nem de tocar no assunto porque acho que ele é gente boa, um grande jogador e isso é passado para mim?.

Gazeta Esportiva

TAGS