PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Chapecoense perde a cabeça e o jogo pela estreia na Libertadores

A falta de experiência da Chapecoense diante do tradicional time do Nacional-URU pesou contra os catarinenses na noite dessa quarta-feira. Com 11.367 pessoas na Arena Condá, o Verdão do Oeste acabou derrotado por 1 a 0 e ainda teve dois jogadores expulsos por agressão quando estava com um jogador a mais justamente por causa de [?]

23:00 | 31/01/2018

A falta de experiência da Chapecoense diante do tradicional time do Nacional-URU pesou contra os catarinenses na noite dessa quarta-feira. Com 11.367 pessoas na Arena Condá, o Verdão do Oeste acabou derrotado por 1 a 0 e ainda teve dois jogadores expulsos por agressão quando estava com um jogador a mais justamente por causa de uma expulsão do adversário.

A falta de maturidade dos brasileiros pode custar caro. Agora, a Chape precisará de uma vitória por dois gols de diferença ou repetir um triunfo por 1 a 0 para no mínimo levar a decisão dessa segunda fase da Copa Libertadores da América para as penalidades. Os times se reencontram às 21h45 (de Brasília) da quarta-feira que vem, no Parque Central, em Montevidéu.

Em breve mais detalhes da partida.

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 0 X 1 NACIONAL-URU

Local: Arena Condá, Chapecó (SC)

Data: 31 de janeiro, quarta-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Patricio Loustau (ARG)

Assistentes: Hernan Maidana e Juan Belatti (ARG)

Cartões amarelos: Fabrício Bruno, Amaral, Guilherme (Chape); Fucile, Sebastián Fernández, Espino (2) (Nac)

Cartões vermelhos: Perotti e Eduardo (Chape); Espino (Nac)

Público total: 11.367 pessoas

Renda: R$ 309.580,00

GOL:

Nacional: Santiago Romero, aos 28 minutos do 2T

CHAPECOENSE: Jandrei; Apodi, Fabrício Bruno, Douglas e Bruno Pacheco; Márcio Araújo, Amaral e Lucas Mineiro (Bruno Silva); Wellington Paulista, Nadson (Perotti) e Guilherme (Eduardo)

Técnico: Gilson Kleina

NACIONAL-URU: Estevan Conde; Jorge Fucile, Guzmán Corujo, Diego Arismendi e Alfonso Espino; Oliva, Santiago Romero, Matías Zunino (Leandro Barcia) e Viúdez (Bergessio); Carlos de Pena e Sebastián Fernández (Álvaro González).

Técnico: Alexander Medina

Gazeta Esportiva

TAGS