Termo de Uso Política de Privacidade Política de Cookies Conheça O POVO Trabalhe Conosco Fale com a gente Assine Ombudsman
Participamos do

Arsenal continua má fase com derrota para Bournemouth fora de casa

Vivendo momento de instabilidade, o Arsenal visitou o Bournemouth e perdeu por 2 a 1 pelo Campeonato Inglês. Os gols foram anotados por Bellerin, para os londrinos, e por Wilson e Ibe para os anfitriões. Com uma possível saída de Alexis Sánchez em breve, o atacante sequer entrou em campo. Outro que não tem permanência [?]
12:45 | Jan. 14, 2018
Autor O Povo
Foto do autor
O Povo Jornal
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

Vivendo momento de instabilidade, o Arsenal visitou o Bournemouth e perdeu por 2 a 1 pelo Campeonato Inglês. Os gols foram anotados por Bellerin, para os londrinos, e por Wilson e Ibe para os anfitriões. Com uma possível saída de Alexis Sánchez em breve, o atacante sequer entrou em campo. Outro que não tem permanência garantida é o técnico Arsene Wenger, muito criticado pela torcida e imprensa.

O Bournemouth, na parte de baixo da tabela, soma 24 pontos e pula para 13ª posição. Na próxima rodada, o time pega o West Ham.

Já o Arsenal, que ainda não venceu em 2018, se distancia da zona de classificação para a Liga Europa, no sexto lugar, com 39 pontos. No próximo jogo, o clube recebe o Crystal Palace.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O jogo

Com um ritmo veloz, as chances de gol já apareceram a partir dos quatro minutos. O time da casa, com um chute rasteiro de Smith, na entrada da área, viu a bola passar com perigo perto da trave esquerda de Petr Cech.

O Arsenal não demorou para reagir em jogada pela direita. Lacazette, quase na linha de fundo, cruzou para a área e a bola sobrou para Maitland-Niles chutar forte, carimbando o travessão do Bournemouth.

A partir dos dez minutos o jogo ficou equilibrado, com bastante velocidade nas saídas de ambos os times, que paravam na defesa adversária. Foram poucas as chances claras e o resto do primeiro tempo foi sem grandes emoções ou trabalhos para os dois goleiros.

A etapa final não precisou de muitos minutos para ter o placar inaugurado. Aos sete minutos, em boa jogada de Iwobi pela direita, o camisa 17 lançou passe rasteiro para Bellerin bater de primeira. O chute foi interceptado pelo goleiro  Begovic, mas não foi o bastante para evitar que a bola chegasse no fundo do gol.

O Arsenal passou a tentar propor mais o jogo e chegou com mais frequência na área do time da casa. No entanto, não conseguiu converter boas finalizações.

O empate veio com uma saída muito rápida do Bournemouth pela direita, do meio de campo. Em jogada de Fraser, o meia cruzou para Wilson, entre os zagueiros, se antecipar de Cech e empurrar para o fundo do gol. 1 a 1 no Vitaly Stadium.

Poucos depois, aos 30 minutos, Ibe fez o gol da virada. Mousset recebeu dentro da área, mas não consegue dominar, mas serviu de parede para o chute forte de Ibe, que venceu Cech e colocou o Bournemouth na frente.

Após levar o gol, o Arsenal tentou buscar o empate. O time continuou pecando na criatividade, sem muitas opções de infiltrar a área e criar boas chances. Bolas alçadas na área também não resolveram a situação.

O time da casa se fechou e conseguiu segurar a pressão, garantindo a vitória importante para se distanciar do rebaixamento.

Gazeta Esportiva

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tags