PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Após primeiro ano na MLS, Schweinsteiger deve renovar com Chicago Fire

Após deixar o Manchester United no início de 2017 rumo a Major League Soccer, Bastian Schweinsteiger parece ter se adaptado bem à liga norte-americana. Sem contrato desde 28 de novembro, o alemão está próximo de renovar o vínculo com o Chicago Fire por mais um ano, de acordo com o site oficial da MLS. Segundo a [?]

14:15 | 04/01/2018

Após deixar o Manchester United no início de 2017 rumo a Major League Soccer, Bastian Schweinsteiger parece ter se adaptado bem à liga norte-americana. Sem contrato desde 28 de novembro, o alemão está próximo de renovar o vínculo com o Chicago Fire por mais um ano, de acordo com o site oficial da MLS.

Segundo a publicação, as duas partes ainda estão discutindo os termos do novo contrato, que deve ter ainda opção de renovação para 2019. Números referentes ao salário não foram divulgados, mas caso Schweinsteiger aceite a proposta ? o que é tratado como provável ? ele deve seguir como Jogador Designado, isto é, um dos três jogadores da equipe que recebe acima do teto salarial estabelecido pela liga.

Em sua temporada de estreia, o campeão mundial foi peça fundamental para o time de Chicago, que encerrou a temporada regular com a terceira melhor campanha. O alemão marcou três gols e deu seis assistências, além de ajudar a equipe a se reerguer após terminar as temporadas de 2015 e 2016 na última colocação.

No entanto, Schweinsteiger acabou sofrendo com uma lesão na panturrilha no fim do ano, jogando apenas um dos últimos sete jogos da temporada regular. Voltou a campo apenas na primeira partida dos Playoffs, saindo do banco, mas não conseguiu impedir a derrota por 4 a 0 diante do New York Red Bulls.

Desde a eliminação do Fire, Schweinsteiger aproveitou as férias com a esposa e ex-tenista Ana Ivanovic sem dar pistas sobre o futuro. A temporada da MLS coemça apenas em março e a equipe de Chicago estreia, em casa, diante do Sporting Kansas City.

Gazeta Esportiva

TAGS