PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

André brilha, Sport vence em casa e cola na liderança do Pernambucano

O Sport se recuperou da derrota no Clássico dos Clássicos contra o Náutico nesta segunda-feira, ao receber o Pesqueiras na Ilha do Retiro, pela quarta rodada do Campeonato Pernambucano. Com gols de André, o Leão não teve dificuldades para superar os adversários por 2 a 0 e assumir a vice-liderança do Estadual, atrás apenas do [?]

22:15 | 29/01/2018

O Sport se recuperou da derrota no Clássico dos Clássicos contra o Náutico nesta segunda-feira, ao receber o Pesqueiras na Ilha do Retiro, pela quarta rodada do Campeonato Pernambucano. Com gols de André, o Leão não teve dificuldades para superar os adversários por 2 a 0 e assumir a vice-liderança do Estadual, atrás apenas do Timbu, embora tenha o mesmo número de pontos que os rivais.

Na próxima rodada, o Sport tentará seguir embalado na competição o Central de Caruaru, fora de casa. Já o Pesqueiras recebe o líder Náutico, no estádio Joaquim de Britto, no interior de Pernambuco.

O jogo ? O primeiro tempo foi bastante agitado na Ilha do Retiro. Logo aos sete minutos o Sport abriu o placar com André, que tabelou com Marlone antes de receber cruzamento de Neto Moura e bater de primeira na pequena área para estufar as redes. Já aos 26 minutos, o Leão não teve a mesma eficiência e perdeu uma oportunidade inacreditável com Gabriel, que aproveitou o rebote do chute de André , porém, acabou isolando mesmo sem goleiro.

Precisando reagir, o Pesqueira carimbou a trave aos 26 minutos com Luciano Grafite, que fez o desarme, conduziu a bola até a entrada da área e arriscou de fora, tirando bem do goleiro Magrão, que se esticou todo, mas ainda assim não tocou na bola. Pouco depois, o arqueiro rubro-negro salvou o time em chute de Daniel Tavares, fechando o ângulo do rival após desatenção da zaga.

Assim como na etapa inicial, André se encarregou de deixar o Sport em uma situação ainda mais confortável no segundo tempo. Aos 11 minutos o atacante novamente chamou a responsabilidade e balançou as redes, aproveitando o passe errado de Fabinho para ficar com o caminho livre rumo ao gol e mandar uma bomba de canhota. Posteriormente, aos 26, o camisa 9 rubro-negro tabelou novamente com Neto Moura e, desta vez, foi o volante quem finalizou, forçando o goleiro rival a fazer boa defesa.

Antes do apito final, o Leão ainda teve oportunidade de ampliar aos 27 minutos com Juninho, que saiu na cara do gol, tocou na saída de Juca, mas viu Rogério aparecer no meio do caminho para dar um cariinho providencial e evitar o terceiro tento rubro-negro. Do outro lado, aos 32, o Pesqueiras, enfim, conseguiu descontar em cobrança de falta de Rogério, no entanto, o árbitro já havia marcado posição irregular de dois atletas da equipe visitante, que embora não tenham tocado na bola, participaram do lance.

 

 

Gazeta Esportiva

TAGS