PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

Após ?ano de aprendizado?, Sidão projeta ganhar títulos em 2018

As trajetórias de Sidão e São Paulo se confundiram em 2017. O time e o goleiro iniciaram a temporada em alta e com grandes expectativas, mas tiveram de superar momentos delicados e terminaram o ano na esperança de conquistarem títulos em 2018. ?Foi um ano de muito aprendizado. Acho que eu e o clube vivemos [?]

11:30 | 10/12/2017

As trajetórias de Sidão e São Paulo se confundiram em 2017. O time e o goleiro iniciaram a temporada em alta e com grandes expectativas, mas tiveram de superar momentos delicados e terminaram o ano na esperança de conquistarem títulos em 2018.

?Foi um ano de muito aprendizado. Acho que eu e o clube vivemos as mesmas emoções: começamos bem o ano, cheio de expectativas e depois passamos por momentos difíceis. Depois, nos recuperamos e terminamos a temporada confiantes de que 2018 será melhor?, avaliou o camisa 12, em entrevista ao site oficial do clube.

Destaque do Grêmio Osasco Audax e do Botafogo, em 2016, Sidão chegou ao clube do Morumbi a pedido de Rogério Ceni. E começou bem sua trajetória no Tricolor, pegando pênaltis do Corinthians na final da Copa Flórida, em janeiro.

No entanto, em março, o arqueiro de 34 anos teve diagnosticada uma lombalgia que o deixou inativo por mais de um mês. Assim, Sidão só foi recuperar a titularidade em agosto, quando Dorival Júnior decidiu preterir Renan Ribeiro, e foi fundamental para livrar o time tricolor do rebaixamento no Campeonato Brasileiro.

?Comecei bem, mas depois sofri uma lesão que me atrapalhou. Fiquei um tempo fora, mas felizmente consegui retornar bem e retomei a condição de titular. O São Paulo reagiu no Campeonato Brasileiro e terminou o ano com bastante aprendizado. E eu também vou levar isso para a minha carreira?, rememorou o atleta, que provavelmente terá a concorrência de Jean, do Bahia, no ano que vem.

?Muitas coisas me marcaram este ano, que foi sofrido, mas o importante foi dar a volta por cima. Nos reerguemos e tivemos força para continuar. Sempre acreditamos. O time reagiu, teve um poder de superação e isso ficará marcado como volta por cima nos jogos?, prosseguiu o goleiro, que pediu à equipe o mesmo empenho do fim deste ano para a próxima temporada.

?Tenho muita esperança de que 2018 será diferente, com títulos. De 2017 queremos manter o espírito deste final de temporada: guerreiro. Que no próximo ano a gente brigue por títulos, porque o São Paulo tem que brigar por títulos em todas as competições que entrar. Tenho certeza de que será assim, e vamos em busca disso?, encerrou.

Gazeta Esportiva

TAGS