PUBLICIDADE
Futebol
NOTÍCIA

São Paulo aumenta em 50% orçamento para venda de jogadores

Presidido por Leco, clube do Morumbi espera arrecadar cerca de R$ 90 milhões

08:15 | 24/12/2017

A política de vender jogadores segue com força no São Paulo. Para a temporada 2018, o clube planeja turbinar esse tipo de ação para elevar as suas receitas. Em reunião realizada nesta semana, o Conselho Deliberativo do Tricolor aprovou a proposta orçamentária da diretoria financeira, na qual espera-se arrecadar cerca de R$ 90 milhões com negociações de atletas no ano que vem.

Assim, a previsão orçamentária aumenta 50% em relação a 2017, quando o Tricolor estimava ganhar R$ 60 milhões com transferências de jogadores. Neste ano, no entanto, a diretoria arrecadou algo em torno de R$ 160 milhões com as vendas de David Neres (Ajax-HOL), Lyanco (Torino-ITA), Maicon (Galatasaray-TUR), e Luiz Araújo e Thiago Mendes (Lille-FRA), além do garoto Augusto Galvan (Real Madrid-ESP).

Também ficou acertado na reunião que o São Paulo poderá gastar 50% do que for arrecadado com venda de jogadores em reforços ? algo em torno de R$ 45 milhões, portanto. O restante desse percentual será destinado para a amortização de dívidas e outros pagamentos do clube.

A ideia do Tricolor com a venda de alguns de seus principais ativos é terminar 2018 novamente no azul. Assim como foi neste ano, quando registrou um superávit de cerca de R$ 18 milhões.

Entretanto, o orçamento assusta porque os recorrentes desmanches no elenco comprometeram as últimas temporadas, quando o clube brigou contra o rebaixamento no Campeonato Brasil em três anos (2013, 2016 e 2017). Em 2018, jogadores valorizados no mercado, como Rodrigo Caio, Christian Cueva e Lucas Pratto podem ser vendidos.

O novo diretor-executivo, Raí, por sua vez, afirmou em sua apresentação que o São Paulo ?tem um potencial gigantesco, vem se planejando para ter mais poder de investimento e tem condições de manter a base de seu elenco e contratar alguns reforços?.

Na próxima temporada, o Tricolor disputará quatro competições: Campeonato Paulista, Copa do Brasil, Brasileiro e Sul-Americana. O primeiro jogo do time em 2018 será disputado em 17 de janeiro, às 19h30 (de Brasília), contra o São Bento, em Sorocaba, na estreia do estadual.

Até o momento, o São Paulo gastou, aproximadamente, R$ 13,6 milhões em dois reforços para a disputa da temporada 2016. A permanência do volante Jucilei custou R$ 4,6 milhões aos cofres do clube paulista, que o negociou junto ao Shandong Luneng, da China. Já o goleiro Jean foi tirado do Bahia por cerca de R$ 9 milhões. O Tricolor, contudo, estuda fazer trocas para contratar. É o caso do volante Hudson, que pode ser trocado pelo lateral direito Victor Ferraz, do Santos.

Gazeta Esportiva

TAGS